quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Salvemos Salvador, enquanto é tempo

P E R F E I T O !

A mais pura verdade! Que lucidez!

Abraço,

Trajano




  
POR AMOR À NOSSA CIDADE!



Salvemos Salvador, enquanto é tempo

Escrito pelo prof. Paulo Ormindo de Azevedo (*)

Em 60 anos de "laissez-faire", a cidade acumulou índices assustadores de compactação demográfica e veicular, concentração de pobreza, insegurança e destruição do meio ambiente, que apontam para seu colapso em curto prazo.




Seu déficit habitacional é de 100 mil habitações, das quais 80% são de famílias fora do mercado imobiliário. Para satisfazer aos 10% dos candidatos com renda superior a cinco salários mínimos, o novo PDDU consentiu que o setor imobiliário devorasse as entranhas verdes da cidade, a orla e os bairros consolidados.

Cerca de 35 mil novos automóveis e o dobro de motos são licenciados a cada ano. O metrô de Salvador, cuja construção dura 10 anos, é dos mais caros do mundo. Terá 6 km , 6 trens e custará R$ 1,16 bilhão, se inaugurado em 2012.


No Recife, o metrô foi construído em dois anos, tem 34,7 km , 25 trens, transporta 180 mil por dia e custou R$ 750 milhões, segundo H. Carballal (A TARDE, 23/3/09). Isto para não falar no impacto ambiental e déficit operacional.

As duas saídas rodoviárias da cidade, a Paralela e a BR-324, estão no limite e ainda se fala em construir uma ponte para Itaparica para trazer os caminhões da BR-101 para o nó do Iguatemi, em vez de construir um arco rodoviário. Isto quando Manhattan e cidades europeias cobram pedágios e proíbem a construção de novas garagens para evitar a entrada de mais carros.

Em Salvador, alguns apartamentos centrais têm até seis vagas.. Não há planejamento nem qualificação dos projetos públicos, que são oferecidos pelas empreiteiras interessadas, vide a ponte de Itaparica e o parque da Vila Brandão.

A Sedham funciona como uma Defesa Civil, mais que um órgão de planejamento. As licitações são feitas em função do menor preço, ou seja, do pior projeto e menor tempo.


O desperdício é grande, viadutos são construídos e não servem para nada, as ruas são refeitas a cada inverno. O Pelourinho é recuperado todo ano. Os conjuntos habitacionais, sem serviços, são novas favelas, estão se desfazendo.

Implodiram o parque olímpico da Fonte Nova, cujo laudo da Politécnica dizia ser recuperável, para construir uma nova arena menor e um shopping, para dois dias de festa.



O que acontecerá com a Copa, se chover, com a cidade alagada e parada como se viu há pouco? As questões ambientais têm o mérito de nivelar todos. Os condomínios fechados da Paralela foram invadidos por barbeiros, dengue, sapos, lagartos e cobras.

O senhor prefeito teve de mudar de casa e gabinete, mas prefere trocar postes cinzas por azuis do que rever um PDDU aprovado com 180 emendas de última hora.

A classe média já não suporta os engarrafamentos e se tranca em torres e condomínios mistos de vida monástica, com celas, refeitório, oficinas, botica e orações televisivas no mesmo lugar.


Considerada patrimônio da humanidade, Salvador mergulha hoje na mediocridade imobiliária. Fernando Peixoto lamentou a "paulistização" da cidade. Arilda Cardoso denuncia a perda de patrimônio histórico e verde.


Neilton Dórea constata: "Hoje, há uma arquitetura dependente... A maioria (dos arquitetos) é desenhador de uma vontade empresarial" (Muito, de 29/3).

Mas não devemos ser pessimistas. A sociedade civil se organiza em movimentos como "A Cidade Também é Nossa"  e "Vozes da Cidade", os ministérios públicos, federal e estadual, assumem o papel que lhes cabe.

Não é desmatando, segregando e verticalizando que se vai resolver os problemas de Salvador, senão pensando grande e democraticamente, compreendendo que Salvador só tem saída na região metropolitana.

São estas questões que cidadãos, ricos e pobres, de Salvador querem discutir, antes que a cidade entre em colapso completo.

(*) Paulo Ormindo de Azevedo - doutor pela Universidade de Roma, professor titular da Universidade Federal da Bahia e presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil - Deptº Bahia

 
--
"Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa"
Dom Helder Câmara
 
-

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

AÇÃO ONLINE: Proteja milhares de passarinhos com uma simples atitude!


 

 
 
 
 
 
 

 
 

Caso não consiga visualizar este email, por favor, clique aqui.


WSPA - Sociedade Mundial de Proteção Animal                                   Agosto 2011

Proteja milhares de passarinhos com uma simples atitude!

Ajude a limitar o comércio de passarinhos no Brasil!

Uma mudança na Instrução Normativa nº15/2010 do Ibama pode prejudicar a vida de milhões de passarinhos. Em dezembro de 2010, o Ibama publicou a Instrução Normativa nº 15, limitando o número de espécies de passeriformes passíveis de criação comercial e amadora.

Em reação à IN, os criadores comerciais se reuniram com o Ibama com o objetivo de reescrever a regulamentação para legalizar o comércio de um número maior de espécies.

Se o Ibama aprovar as propostas dos criadores, crescerá o número de passarinhos que poderão ser criados e comercializados como animais de estimação legalmente. Proteste agora!

Em resposta, a WSPA criou uma forma rápida para que você possa ajudar os passarinhos!

Proteja milhares de passarinhos com uma simples atitude!Envie sua carta já! Com uma simples atitude, você pode ajudar a diminuir o número de passarinhos mantidos em cativeiros no Brasil.

Animal silvestre não é pet! Por isso, diga não às mudanças da IN nº15! Peça já ao Ibama que mantenha a limitação do número de espécies de passarinhos que podem ser criadas como animais de estimação.

 

Quanto mais pessoas escreverem, mais conseguiremos mostrar que o Ibama tem o apoio popular. A sua carta será assinada em seu nome e encaminhada ao órgão competente.

 

Por isso, dê a sua ajuda a milhares de passarinhos participando hoje da nossa ação online >>

 

Juntos, podemos salvar estes animais do sofrimento desnecessário.



Muito obrigada pelo seu apoio constante.

 

Ingrid Eder

Gerente de Campanhas
WSPA Brasil

 

 

Compartilhar:  Facebook LinkedIn Twitter



Proteja milhares de passarinhos com uma simples atitude!


Envie para um Amigo
   I   Assine a Newsletter da WSPA   I    Comentários

 A WSPA - Sociedade Mundial de Proteção Animal é a maior federação mundial de bem-estar animal, com mais de 1000 ONGs afiliadas em mais de 150 países. Só no Brasil são mais de 100 entidades em 23 estados e no Distrito Federal. A WSPA trabalha por um mundo onde o bem-estar animal importe e os maus-tratos contra os animais tenham fim. Para mais informações sobre a WSPA, acesse www.wspabrasil.org.

 

Adicione por favor o email wspabrasil@wspaupdates.org à sua lista de contatos para impedir que as mensagens da WSPA sejam identificadas como spam. Clique aqui para mais informações.




 


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Amazônia em risco: faltam 3 dias




Incrível! Mais de 740.000 assinaturas -- vamos chegar em 1 milhão a tempo de nos juntarmos às enormes marchas pela proteção das florestas em todo o Brasil. Assine agora e junte-se à marcha para SALVAR A AMAZÔNIA!

Caros amigos espalhados pelo Brasil,



A Amazônia está correndo grande risco. O Senado Federal está prestes a sancionar um projeto de lei que pode perigosamente enfraquecer a proteção desse precioso recurso global. Mas em três dias, dezenas de milhares vão marchar por todo o país para acabar com a destruição. Vamos nos unir a eles e fazer dessa uma marcha histórica para salvar a Amazônia.
A Amazônia está correndo grande risco. A Câmara dos Deputados brasileira aprovou o esvaziamento do Código Florestal. Se não nos mobilizarmos agora, enormes extensões de nossas florestas poderão ficar vulneráveis a um devastador desmatamento.

O projeto de lei gerou revolta e protestos generalizados em todo o país, e a tensão está aumentando. Em uma tentativa de diminuir as críticas, matadores supostamente contratados por madeireiros ilegais assassinaram ativistas ambientais. Mas o movimento está contra-atacando -- em três dias comunidades indígenas corajosas vão liderar enormes marchas por todo o país para demandar ação, e fontes internas dizem que a Presidenta Dilma está considerando vetar as mudanças.

Setenta e nove por cento dos brasileiros querem que Dilma vete as mudanças no Código Florestal, e temos de garantir que nossas vozes serão escutadas, pois a pressão interna está levando a algumas pessoas na administração da Dilma a apoiarem o veto. Clique aqui para assinar a petição e se juntar a marcha para salvar a Amazônia! Nossos números serão mostrados em faixas na frente das marchas que acontecerão em todo o país:

http://www.avaaz.org/po/save_the_amazon_brazil/?vl

As florestas brasileiras são enormes e importantes. Somente a Amazônia é vital para a vida na terra -- 20% do oxigênio do mundo e um quinto de toda água doce do planeta vêm dessa floresta magnífica. Por isso é tão importante que todos nós protejamos a floresta.

É por isso que tanta gente vê o Brasil como um líder internacional em questões ambientais e é por isso que a Conferência da Terra, um encontro que acontecerá no ano que vem com o objetivo de impedir a morte lenta de nosso planeta, será no Rio de Janeiro. Por outro lado, também somos um país em rápido desenvolvimento que luta para tirar dezenas de milhões de pessoas da pobreza, e é intensa a pressão sobre nossas lideranças para desmatar florestas e abrir minas para gerar lucro. Daí o perigo de essas lideranças estarem quase dando o braço a torcer em termos de proteção ambiental. Ativistas locais estão sendo assassinados, intimidados e silenciados. Agora, cabe aos membros da Avaaz pedirem aos políticos brasileiros para serem firmes.

Sabemos que há uma alternativa. Lula, o antecessor de Dilma, reduziu enormemente o desflorestamento e consolidou a reputação internacional de nosso país como líder em questões ambientais, além de gozar de um gigantesco crescimento econômico. Vamos nos unir agora e pedir a Dilma para seguir o mesmo exemplo! Assine a petição para salvar nossas florestas e, em seguida, encaminhe este e-mail a todos:

http://www.avaaz.org/po/save_the_amazon_brazil/?vl

Nos últimos 3 anos, os membros da Avaaz no Brasil mobilizaram-se com enormes iniciativas e lideraram extraordinárias campanhas para que o mundo chegue a ser aquele que todos desejamos: conseguimos a aprovação de uma histórica lei anticorrupção e fizemos lobby para que o governo tivesse um papel de liderança na ONU, protegesse os direitos humanos e interviesse para apoiar a democracia no Oriente Médio, e ainda ajudasse a proteger os direitos humanos na África e outras regiões. Agora, uma vez que ativistas brasileiros corajosos estão sendo assassinados por proteger um precioso recurso global, vamos nos unirmos nesse importante dia de ação para salvar a Amazônia e proclamar o Brasil como verdadeiro líder internacional mais uma vez.

http://www.avaaz.org/po/save_the_amazon_brazil/?vl

Com esperança,

Emma, Ricken, Alice, Ben, Iain, Laura, Graziela, Luis e o resto da equipe da Avaaz


MAIS INFORMAÇÕES:

Câmara dos Deputados aprova projeto de mudança do Código Florestal:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/05/110525_codigo_atualiza_pai.shtml

Entenda a polêmica sobre o novo Código Florestal:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/05/110510_codigo_florestal_qa_mdb.shtml

Ambientalistas apostam em veto de Dilma ao Código Florestal:
http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/920706-ambientalistas-apostam-em-veto-de-dilma-ao-codigo-florestal.shtml

Líderes extrativistas são assassinados no Pará:
http://www.redebrasilatual.com.br/temas/ambiente/2011/05/lideres-extrativistas-sao-assassinados-no-para/?searchterm=castanheiro

Senado vai aprovar novo Código Florestal até outubro, diz Katia Abreu:
http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,senado-vai-aprovar-novo-codigo-florestal-ate-outubro-diz-katia-abreu,758757,0.htm

Em defesa do meio ambiente! Contra as alterações do código florestal e a unina de Belo Monte!
http://bit.ly/pleuFF

Senado precisa modificar o Código Florestal:
http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110619/not_imp734296,0.php

Para senador, novo Código Florestal compromete a defesa do meio ambiente:
http://www.jb.com.br/pais/noticias/2011/06/16/para-senador-novo-codigo-florestal-compromete-a-defesa-do-meio-ambiente/

Igreja Católica anuncia apoio contra o novo Código Florestal Brasileiro:
http://primeiraedicao.com.br/noticia/2011/06/22/igreja-catolica-anuncia-apoio-contra-o-novo-codigo-florestal-brasileiro


Apoie a comunidade da Avaaz!
Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas: Dona Agora





A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 9 milhões de pessoas
que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

DIVULGAÇÃO DE TRABALHO (AUTÔNOMO)



Prezados Srs.


A quem possa interessar e para divulgar.Meu cartão de visita virtual.Faço parcerias com outros profissionais também.

Desde já,grato.

Sds,

Trajano