sexta-feira, 30 de julho de 2010

CAMPANHA E-MAIL LIMPO!

ADOTE ESTA CAMPANHA
Se for encaminhar esta mensagem:
           1. Apague o meu e-mail e o meu nome.
           2. Apague também os endereços dos amigos antes de reenviar.
           3. Encaminhe como cópia oculta (Cco ou Bcc) aos SEUS destinatários.
           Agindo sempre assim dificultaremos a disseminação de virus,
spams  e  banners.

Por favor, não me enviem correntes...
 
AUTORIA DESCONHECIDA
MAS TEM MEU APOIO TOTAL!

Força para o Código Florestal



Caros amigos,

É chocante, a Comissão Especial da Câmara, tomada por deputados ruralistas, conseguiu enfraquecer o nosso Código Florestal. Porém a lei ainda não foi para votação então ainda podemos salvar nossas florestas.

A campanha pelo Código já chamou atenção em Brasília, houveram algumas revisões no texto e conseguimos entregar a nossa petição para deputados e líderes partidários depois que as nossas 40.000 mensagens foram bloqueadas pela Câmara. Porém vamos precisar de apoio para dar fôlego à campanha e para encarar o poderoso agronegócio.

Nós podemos focar em deputados indecisos, lançar um apelo midiático, organizar ligações em massa e manifestações, estando presente com mobilizações em massa a cada momento decisivo. Nós já somos mais de 650.000 pessoas da comunidade da Avaaz no Brasil, se cada um contribuir R$ 5 as nossas vozes serão ouvidas, como fizemos com a Ficha Limpa. Clique abaixo para contribuir:

https://secure.avaaz.org/po/codigo_em_perigo/?vl

Nós sabemos que as nossas campanhas funcionam. Algumas semanas atrás entregamos a maior petição pelas baleias a história, diretamente para os delegados da Comissão Baleeira Internacional. A nossa campanha se tornou a principal notícia do BBC World News e ao final, apesar do forte lobby das nações a favor da caça comercial de baleias, a proibição da caça foi mantida.

Aqui no Brasil nós sabemos que a nossa comunidade é uma nova e poderosa força democrática – apesar de quase 25% dos deputados responderem a processos na justiça, nos disseram que a Ficha Limpa nunca iria passar, mas depois de construirmos a maior campanha online na história do Brasil, nós vencemos!

Especialistas dizem que se a proposta ruralista passar, esta será a maior perda ambiental em décadas, permitindo a destruição de 80 milhões de hectares de florestas nativas e dando anistia para todos os crimes ambientais desde 2008. O Código Florestal garante não só a preservação das florestas e as populações que dependem dela, mas também previne as mudanças climáticas.

O poder do modelo da Avaaz é usar a tecnologia para que uma pequena equipe possa gerar o engajamento coletivo de milhões de pessoas. A campanha da Ficha Limpa foi possível com apenas alguns membros da equipe da Avaaz, servindo toda a comunidade no Brasil. Clique abaixo para doar uma pequena quantia para turbinar a nossa campanha, desafiando os ruralistas e defendendo o Código Florestal:

https://secure.avaaz.org/po/codigo_em_perigo/?vl

A nossa comunidade no Brasil contribuiu para desafiar as convenções e trazer uma nova política, transparente e responsável. Vamos agir juntos novamente e construir este movimento para garantir que as políticas e leis reflitam os interesses de todos nós brasileiros e não somente uma minoria poderosa. Juntos nós podemos construir o Brasil que queremos!

Com esperança,

Graziela, Ricken, Alice, Luis, Iain, Pascal, Benjamin e toda a equipe Avaaz

Fontes:

Mudança no Código Florestal pode resultar no desmatamento de 80 milhões de hectares:
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/06/21/brasil,i=198600/MUDANCA+NO+CODIGO+FLORESTAL+PODE+RESULTAR+NO+DESMATAMENTO+DE+80+MILHOES+DE+HECTARES.shtml

Novo código florestal pode agravar ameaça à Amazônia:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2010/07/26/novo-codigo-florestal-pode-agravar-ameaca-amazonia-917240888.asp

Retrocesso ambiental (Greenpeace):
http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/Retrocesso-ambiental-/






A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 4,9 milhões de pessoas
que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.




-- 



terça-feira, 27 de julho de 2010

Mais desmatamento. Será que é isso que você quer?




Organizações de defesa do meio ambiente lutam contra as mudanças no Código Florestal Brasileiro. E você pode ajudar.

As organizações que participam do Observatório do Clima enviaram carta ao Secretário Executivo do Fórum Brasileiro
de Mudanças Climáticas, Luis Pinguelli Rosa, cobrando um posicionamento público da entidade sobre a aprovação no Congresso do substitutivo que propõe alterações no Código Florestal Brasileiro. A carta destaca que as medidas propostas impedem o cumprimento das metas brasileiras para redução
de emissões de gases de efeito estufa causadas por desmatamento. Estas metas foram apresentadas pelo Governo Brasileiro na COP15 e incluídas na Lei Federal nº 12.187/2009.
As novas regras ainda anistiam o desmatamento ilegal feito até
22 de junho de 2008.

Estamos 100% empenhados na mobilização contra as
alterações no Código Florestal Brasileiro que prejudicam o meio ambiente. Continue ao nosso lado e acompanhe as notícias no
site do WWF-Brasil. Obrigada.
BIODIVERSIDADE

Mogno: como madeira, é altamente resistente. Como espécie, está à beira da extinção.

O mogno-brasileiro é uma árvore nativa da Amazônia e pode ser encontrada no sul do Pará, no Acre, em Goiás, no Maranhão, em Mato Grosso, em Rondônia e em Tocantins – sempre em regiões protegidas ou de difícil acesso. E, mesmo nesses locais, seu corte continua acontecendo, apesar de ser proibido pelo IBAMA desde 2001. Clique aqui e saiba mais sobre o mogno-brasileiro.
NOTÍCIAS
30.06 • Carne orgânica nas escolas de Campo Grande/MS.
O produto é proveniente de fazendas de pecuária orgânica certificada do Pantanal, ligadas à Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO), projeto com apoio do WWF-Brasil.
05.07 • Mutirão capacita gestores ambientais em unidades de             conservação paulistas.
Realizado nos dias 15 e 16 de junho no Parque Estadual Ilha Anchieta, em Ubatuba, o evento uniu 30 funcionários de oito parques em prol de um turismo sustentável.
06.07 • Retrocesso na legislação ambiental brasileira.
As alterações no Código Florestal comprometem as metas contra o desmatamento apresentadas pelo Brasil na COP15 e incluídas na Lei Federal n° 12.187/2009.
MAIS NOTÍCIAS

 
DOAÇÃO EM AÇÃO
Ajude a conservar o Pantanal.

O Pantanal é a maior área úmida continental do planeta, com 158.000 km² de planície alagável, mais da metade em território brasileiro. Uma
das iniciativas do WWF-Brasil para proteger o Pantanal é um estudo sobre a vulnerabilidade
da bacia hidrográfica da região. Este projeto
visa orientar ações de adaptação às mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global.
A proteção das nascentes do Pantanal é uma prioridade do WWF-Brasil, neste ano em que a Convenção Ramsar debate Áreas Úmidas e Mudanças Climáticas.

Precisamos de você. Faça uma doação extra
e ajude-nos a defender um dos mais valiosos patrimônios naturais do Brasil.

Quer saber mais sobre o Pantanal? Clique aqui.

DOE AGORA!

MOBILIZE-SE
Participe do movimento contra
as mudanças no Código Florestal Brasileiro. Clique aqui.


O site SOS Florestas é uma iniciativa de um grupo de ONGs. Assine a petição eletrônica contra as alterações no Código Florestal Brasileiro que prejudicam o meio ambiente. Precisamos de 200.000 nomes, e você, que já nos apoia, tem que participar.
EU APOIO O TRABALHO DO WWF-BRASIL
"Sinto-me feliz em poder participar como afiliado do WWF-Brasil. Foi participando da organização que aprendi a ver a natureza como fonte de alegria, beleza, identidade e status pessoal de inspiração para a música, arte, religião e significados afins. O trabalho desempenhado pelo WWF-Brasil nos faz ter a consciência de que a natureza, nos nossos dias, passa a ocupar uma posição de subserviência em relação à humanidade. Agradeço por tudo que aprendi para melhor servir ao meu município como educador ambiental e amigo da natureza."

João Batista do Espírito Santo Justo
Santana do Acaraú / CE - afiliado desde 1998


Mande também seu depoimento. Basta enviar uma mensagem para panda@wwf.org.br
Faça sua doação extra agora!.
Envie esta newsletter para um amigo.
Caso você não queira mais receber esta newsletter e acompanhar as atividades do WWF-Brasil,
envie um e-mail para panda@wwf.org.br - © 2009 WWF | Todos os direitos reservados.
WWF-BrasilWWF-BrasilWWF-BrasilWWF-Brasil
 


sexta-feira, 23 de julho de 2010

Rede CEIA informa 3 anos de TERRA AMBIENTAL! Mudanças no site contra Pirataria

Galera,

Seguem os aniversários dos sites da Rede CEIA:

SEGURANÇA DO TRABALHO E DA VIDA
Criado em 04/12/05
http://trajanoengseg.blogspot.com
4 anos e meio


TERRA AMBIENTAL
Criado em 07/07/07
3 ANOS FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!!!!!!!



CEIA - CENTRAL DE EDUCAÇÃO,INFORMAÇÃO E ASSISTÊNCIA
Criado em 31/08/08
Chegando nossos 2 anos...
LETRAS QUE MARCAM
Criado em 24/05/08
2 anos
ÁFRICA
Criado em 04/12/08
1 ano e meio
DESPIRATIANDO
Criado em 22/06/09 (antigo VERSUS PIRATARIA)
1 ano completado



IRMÃOS DELUZ
Criado em 14/04/07(SITE)
http://irmaosdeluz.blogspot.com
3 anos

segunda-feira, 19 de julho de 2010

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Ibama não vai recorrer da decisão da Justiça que autoriza funcionamento dos portos no PR

 

Plantão | Publicada em 09/07/2010 às 13h09m

Mônica Tavares

 

BRASÍLIA - O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) informou que decidiu acatar a decisão da Justiça, e aguardar os 30 dias para a administração dos portos de Paranaguá e Antonina, no Paraná, apresentarem um cronograma para a regularização das questões ambientais. O prazo foi concedido pelo juiz federal de Paranaguá, Marcos Josegrei da Silva, que também determinou por liminar a retirada dos lacres dos navios e dos equipamentos.

O Ibama havia interditado, na quinta-feira, os dois portos por falta de licença ambiental. Também foi aplicada multa de R$ 4,8 milhões. As administrações dos terminais de Paranaguá e Antonina descumpriram o Termo de Compromisso que haviam assinado no fim de 2009 para a regularização do licenciamento ambiental.
 

Rede de farmácias distribui cartilhas educativas sobre meio ambiente


Enviado por Bairros.com -
12.7.2010
|
18h15m
Grande Tijuca

 

A rede de farmácias de manipulação Officilab começou a distribuir, em 148 escolas municipais da cidade, cartilhas ensinando aos alunos como contribuir com o meio ambiente. Entre os conteúdos abordados há a orientação do porquê e de como reciclar materiais. A cartilha, que contemplará 45 mil alunos, ensina, ainda, a criar hábitos sustentáveis, como reduzir o consumo de água, energia e lixo.

Um dos objetivos do projeto é fazer com que os estudantes divulguem as informações dentro de suas próprias casas, para estimular também os pais a colaborarem com a conservação da natureza. A iniciativa faz parte da campanha "Farmácia Verde", que aplica o desenvolvimento sustentável dentro da Officilab, e estimula ações ecologicamente corretas na sociedade.
 

Projeto que disciplina tratamento do lixo deve ser votado ainda hoje no Senado


 

Plantão | Publicada em 07/07/2010 às 20h14m

Agência Brasil

BRASÍLIA - Aprovado nesta quarta-feira em reunião conjunta de quatro comissões do Senado, o projeto que cria a Política Nacional de Resíduos Sólidos, uma legislação para o tratamento do lixo que obrigará a população e as empresas do país a adotarem práticas muito diferentes das atuais, deve ir ao plenário ainda nesta noite. A proposta levou 21 anos em tramitação no Congresso Nacional.

Um dos dispositivos do projeto estabelece que o resíduo sólido reutilizável e reciclável é um "bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania". A lei vai disciplinar o tratamento desse material em todo o país, por meio de planos municipais e regionais, além do plano nacional, que será gerido pelo Ministério do Meio Ambiente. Em quatro anos, todos os municípios deverão ter um plano diretor a respeito.

O projeto também institui a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, a ser implementada de forma individualizada e encadeada, "abrangendo os fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e os titulares dos serviços públicos de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos".

O Artigo 32 do projeto determina que as embalagens devem ser fabricadas com materiais que propiciem sua reutilização ou reciclagem. Cabe aos responsáveis fazer com que as embalagens estejam dentro dos parâmetros da lei. O projeto obriga fabricantes de vários produtos a adotar políticas de logística reversa, ou seja, que garantam seu retorno após o uso pelo consumidor. Entre os produtos que estão dentro desse conceito estão: agrotóxicos, pilhas e baterias, pneus, óleos lubrificantes, lâmpadas fluorescentes, eletroeletrônicos e seus componentes.

O projeto proíbe o lançamento de resíduos sólidos em praias, no mar, em rios e lagos; o lançamento de resíduos in natura a céu aberto, com exceção dos resíduos de mineração; a queima de lixo a céu aberto ou em instalações e equipamentos não licenciados para essa finalidade.

O projeto teve origem no Senado, foi reformulado na Câmara dos Deputados, que elaborou um substitutivo, e voltou ao Senado, onde sofreu as alterações aprovadas com a votação do relatório do senador César Borges (PR-BA), na reunião conjunta das comissões de Constituição e Justiça, de Assuntos Econômicos, de Assuntos Sociais e de Meio Ambiente.

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, assistiu a toda a reunião no plenário e comemorou o resultado, depois de intensa negociação do governo com os senadores. Ela disse que o texto aprovado atendeu ao que o governo desejava e, por isso, não há previsão de veto a qualquer dispositivo por parte do presidente Lula.
 

terça-feira, 6 de julho de 2010

Feliz Aniversário Dalai Lama!




Caros amigos,

O Dalai Lama completa 75 anos hoje. Por muitas décadas ele nos deu esperança, dando um exemplo generoso da sua sabedoria, não-violência e compaixão por um mundo melhor.

Agora nós podemos retribuir o favor -- vamos enviar ao Dalai Lama uma homenagem de milhões de pessoas do mundo todo! Ela será entregue a ele pessoalmente em um "muro de felicitações" ao lado do templo de Dharamsala e disseminada por toda a região.

Vamos tomar um minuto para juntos homenagearmos o Dalai Lama, e fazer o seu aniversário durar enquanto as pessoas estiverem assinando! -- clique aqui para assinar o tributo -- e depois encaminhe este alerta para pessoas que gostariam de fazer o mesmo:

http://www.avaaz.org/po/dalai_lamas_birthday/?vl

O líder espiritual do Tibet passou mais de 50 anos no exílio, e ele continua a pregar a paz e compaixão. Vamos compartilhar com ele o quanto ele é querido e o quanto nos inspiramos pela sua história de vida. Clique aqui para assinar a homenagem de aniversário global ao Dalai Lama:

http://www.avaaz.org/po/dalai_lamas_birthday/?vl

Com esperança,

Alice, Pascal, Ben, Graziela, Paul e toda a equipe Avaaz

PS: A comunidade Avaaz tem apoiado rádios, bloggers e tecnologias para impedir a censura, para que haja uma livre circulação de informações para dentro e de fora do Tibete. Nós trabalharemos com estes parcerios nos próximos dias para garantir que as nossas mensagems de aniversário de esperança, gratidão e incentivo do mundo todo, cheguem a milhares de tibetanos e chineses.






A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 4,9 milhões de pessoas
que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.


segunda-feira, 5 de julho de 2010

TRAGÉDIA MUNDIAL - MEIO AMBIENTE








TRAGÉDIA MUNDIAL

 


TRAGÉDIA MUNDIAL Á VISTA

 

SE O VAZAMENTO DE PETRÓLEO CONTINUAR POR 18 MESES

TODO O OCEANO ESTARÁ CONTAMINADO...

A situação na Flórida é muito pior do que a mídia está relatando, aliás quase não se fala mais do pior desastre ambiental do planeta, essa tragédia pode resultar em mudanças geológicas, já se cogita a idéia de uma possível evacuação em massa na Florida, já que o petróleo contém substâncias tóxicas que contaminam tudo ao redor. Mas o problema não fica só na Florida ( o que já é triste e desastroso), mas as estimativas são de que se o vazamento continuar em 18 meses TODO O OCEANO pode estar contaminado. Infelizmente não podemos fazer nada mais do que espalhar essa notícia e nos preparar.


Foi estimado, por peritos, que a pressão a qual o petróleo é jogado nas águas do Golfo é entre 20.000 e 70.000 PSI (libras por polegada). Impossível de ser contido.

O que os cientistas americanos são proibidos de dizer ao público sobre o Golfo.

O que você vai ler aqui, é o que os cientistas nos USA não podem falar, com um grande medo da administração Obama.

 

Eles estão sob ameaça de severa repercursão ao máximo... Cientistas confirmando essas descobertas não podem ser mencionados dado ao que está escrito acima, mas o que eles acreditam, eles querem que todos saibam.

 

Pegue um mapa dos USA, abra e messa no mínimo 80,5 km a partir da destruição em volta do Golfo do México com o que você vai ler abaixo.

A carnificina dos USA é tão assombrosa que tirará o seu folego.

 

Se os cientistas estiverem certos no que eles estão tentando alertar... toda a Flórida será completamente destruída junto com todos e tudo.

 

Você decide!! Todos tem o direito de ler o que recém escrevi nesse artigo, tanto quanto lerem o que foi escrito abaixo pelos cientistas que a administração de Obama e BP estão tentando calar.

 

Por favor compartilhem com o maior número de pessoas que você conseguir.

 

Dr. James P. Wickstrom

 

RESUMO DOS ACONTECIMENTOS

 

A estimada super alta pressão liberando o petróleo embaixo da crosta terrestre está entre 80.000 e 100.000 barris por dia.

 

O fluxo de petróleo e gases tóxicos está trazendo junto areia e cascalho o que causa o fluxo a criar um efeito de jato de areia no que resta da cabeça do poço que atualmente de alguma forma restringe o fluxo, como também o buraco da perfuração.

 

Como a cabeça do poço se torna cada vez mais desgastada a passagem aumenta permitindo um fluxo ainda maior de petróleo. Mesmo que algum aparelho fosse colocado sobre a cabeça do poço existente, isso não tamparia e pararia o fluxo, porque o que ainda sobrou da cabeçado poço não conteria a pressão do fluxo.

 

A espessura original da cabeça do poço é de 5 cm. E agora deve estar menor que 2,5 cm e ficando a cada momento mais fina. O petróleo agora alcançou a corrente do Golfo e está entrando na corrente Oceânica, que é pelo menos quatro vezes mais forte do que a do Golfo, a qual o carregará ao mundo todo em mais ou menos 18 meses.

 

O petróleo junto com os gases, incluindo a benzina e muitos outros tóxicos, esgotarão o oxigênio da água. Isso matará toda a vida marinha. Junto com o petróleo nas praias, haverá muito peixe morto e etc... que deverão ser jogados fora.

 

UM RESUMO DAS EXPECTATIVAS

 

Em algum momento o buraco da perfuração ficará muito grande, aumentando seu tamanho abaixo da cabeça do poço, deixando a área muito fraca onde poço está. A intensa então empurrará a cabeça do poço fora, permitindo um fluxo sem restrição de petróleo e etc...

 

O buraco continuará a aumentar de tamanho permitindo mais e mais petróleo fluir para o Golfo. Depois de muitos bilhões de barris de petróleo já terem sido derramados, a pressão da cavidade enorme a 8 km abaixo do solo do oceano começará a normalizar.

 

Isso então permitirá que a água, sob forte pressão a 1,6 km de profundidade, seja forçada para dentro da cavidade onde o petróleo estava. A temperatura a essa profundidade está perto de 200 graus centígrados, possivelmente mais.

 

A água evaporará, criando uma enorme quantidade de força , levantando o solo do Golfo. É difícil saber quanto de água entrará na crosta, também não é possível calcular o quanto o solo levantará.

 

As ondas do tsunami criado serão alguma coisa em torno 6 a 24 de altura, possivelmente maiores. Então o solo caírá dentro da cavidade vazia. É assim que a natureza fechará o buraco.

 

Dependendo da altura do tsunami, o cascalho do oceano, petróleo e estruturas existentes serão arrastadas pelas praias entrando terra a dentro, deixando uma área de 80,5 a 322 km desprovida de vida. Mesmo que os escombros sejam retirados, a contaminação do solo e da água impossibitará a re-população por um período desconhecido de anos.

 

(final da informação liberada pelos cientistas).

De Tom Buyea Flórida News Service

(End of scientists information release.) From Tom Buyea FL News Service



Enviado por Luiz Antônio/BA





 

UTILIDADE PÚBLICA:CAMPANHA CONTRA A POLUIÇÃO SONORA-SALVADOR-BAHIA


Visite no link:
 
 
e clic no audio ABAIXE O SOM,AUMENTE A PAZ.
 
Boa sacada da Prefeitura de Salvador. Parabéns a SUCOM.
 
Demorou mas saiu!
 
Esperamos que medidas como essa se estendam aos Trios Elétricos,aos Palcos e Casas Noturnas e que tenha-se a colaboração de empresários e artistas locais.E que se dê condições dignas (salário,segurança,respeito) aos fiscais que atuam em áreas periculosas(incluindo técnicos e motoristas).
 
Nossos ouvidos agradecem.
 
Veja os canais de denúncia!
 
 
Trajano
 
Apoio: STV - SEGURANÇA DO TRABALHO E DA VIDA
                       http://trajanoengseg.blogspot.com
             TERRA AMBIENTAL
                       http://terraambiental.blogspot.com
            CEIA
                       http://ceianet.blogspot.com



sexta-feira, 2 de julho de 2010

Obama quer fazer faxina espacial


 

Thays Prado 2 de julho de 2010

A Política Nacional Espacial dos Estados Unidos, anunciada esta semana, pelo presidente Barack Obama, está focada no monitoramento das mudanças climáticas e na despoluição do entorno terrestre. O documento tem uma parte destinada apenas à preservação do ambiente espacial e chama atenção para a necessidade de se retirarem os detritos eletrônicos, que prejudicam a exploração espacial.

Obama quer contar com a parceria de outros países para fazer essa faxina, e a NASA – Agência Espacial Americana disse que vai abrir espaço para empresas privadas também pensarem em inovações no transporte espacial.

Desde 2008, quando a ESA – Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou uma imagem (acima) que revelava quanto lixo – aproximadamente 5.200 satélites em sucata – havia na órbita da Terra (veja aqui o post que escrevemos na época), o assunto se tornou uma preocupação para os países que desejam continuar suas explorações pelo espaço. Sete anos antes, dois pesquisadores norteamericanos, Donald Kessler e Philip Anz-Meador, já diziam que, em 2020, talvez não fosse mais possível realizar operações espaciais próximas ao planeta.

Apesar de a política norteamericana se basear nas Diretrizes de Mitigação de Detritos Espaciais das Nações Unidas, publicada este ano, até agora, ninguém disse exatamente como a faxina espacial será feita.

- Política Nacional Espacial dos Estados Unidos
- Diretrizes de Mitigação de Detritos Espaciais das Nações Unidas

 

Fonte: http://super.abril.com.br/blogs/planeta/obama-quer-fazer-faxina-especial/

 

TERRA AMBIENTAL

http://terraambiental.blogspot.com

REDE CEIA ANO 3

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Estudo científico comprova: áreas protegidas ajudam na redução de emissões.




Estudo científico comprova: áreas protegidas ajudam na redução de emissões.

No último mês de maio, um estudo publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) comprovou a eficácia das áreas protegidas da Amazônia na redução de emissão de carbono. Ficou demonstrado que as áreas protegidas foram responsáveis por 37% da redução do desmatamento entre 2004 e 2006. E que a criação de novas áreas poderá evitar a emissão de 8 bilhões de toneladas de carbono até 2050.

O Brasil se destaca no assunto. Desde 2003, o país foi responsável por 73% das áreas protegidas que foram criadas
em todo o mundo. Apesar disso, ainda são necessárias novas áreas que cubram aproximadamente 2,5% do território nacional em área terrestre e 8,5% em área marinha. Só assim
cumpriremos as metas para 2010 firmadas na Convenção sobre Diversidade Biológica – o principal fórum mundial para temas e questões relacionados à biodiversidade.

Muito já foi feito, mas é fundamental que o país garanta um
legado ambiental às futuras gerações. Ainda bem que você
está do nosso lado. Obrigada.

Tamanduá-bandeira: extinto no Rio de
Janeiro e no Espírito Santo, ameaçado
em todo o Brasil.


Antigamente, o tamanduá-bandeira podia ser encontrado em
todos os 27 Estados do país, mas agora está na lista de animais
em extinção. Clique aqui e saiba mais sobre esse mamífero que
chega a devorar 30 mil formigas e cupins por dia.
10.06 • O que o Brasil vai levar à conferência sobre
biodiversidade
.
Conheça a posição política do governo brasileiro para a
10ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade
Biológica (COP-10/CDB), que ocorrerá em outubro no Japão.
27.05 • Estudo mostra importância de áreas protegidas na redução de emissões.
Pesquisadores brasileiros e americanos confirmam a eficácia das
áreas protegidas em artigo publicado no periódico Proceedings of
the National Academy of Sciences (PNAS).
31.05 • Junho – mês vital para avanços rumo a um futuro
de baixo carbono
.
Em junho, na Alemanha, serão iniciadas as Cúpulas do G8 e
G20. A expectativa é que haja avanços consideráveis na busca do
acordo global sobre clima.

 
Ajude a salvar o Código Florestal Brasileiro

O parecer sobre o Código Florestal Brasileiro,
apresentado em Comissão Especial da Câmara dos Deputados, é um equívoco. Nele, a legislação ambiental é flexibilizada, os Estados ganham maior autonomia na questão e os pequenos produtores ficam isentos de manter uma reserva legal em suas propriedades.

As reservas legais são estratégicas para proteger a vegetação natural dentro das propriedades rurais. Se utilizadas de forma sustentável, elas protegem solos, evitando processos erosivos.

O Código Florestal é importante, atual e necessário para proteger a vegetação natural,
a biodiversidade e os recursos hídricos, vitais ao abastecimento humano no campo e nas cidades.

Precisamos agir com rapidez para evitar que
o Código seja destruído. Clique aqui, entre em contato com o seu deputado e proteste. Faça agora uma doação extra para mobilizarmos
ainda mais recursos na luta contra este projeto.




As inscrições para o Concurso
de Vídeo e Foto Olhares Sobre
as Águas terminaram.
Agora você pode votar para escolher o vencedor!


Clique aqui e escolha o seu trabalho favorito. O vencedor ganha uma viagem para Bonito / MS.
O resultado sai em 25/7/2010. Obrigado a todos que inscreveram seus trabalhos!
"Tenho muito orgulho de fazer parte da família WWF-Brasil. Ao longo destes 15 anos de afiliação tenho acompanhado as grandes conquistas desta ONG, tendo a satisfação de fazer parte delas.
Mas não podemos ter o comodismo de
simplesmente nos afiliarmos às grandes ONGs ambientais e deixarmos que elas busquem as soluções para o meio ambiente.
Precisamos fazer o conhecido 'trabalho de formiguinha' no nosso dia a dia, mudando hábitos e posturas, buscando a redução do nosso impacto ambiental: Recuse – Reduza – Reutilize!".

Antonio Carlos Paganini
Itapira / SP – afiliado desde 1995



WWF-BrasilWWF-BrasilWWF-BrasilWWF-BrasilFaça sua doação!Doe agora.


WWF Brasil