quarta-feira, 31 de março de 2010

Vocês que gostam de praia? Olhem que maravilha ...(ISSO É DEUS)- AME O BRASIL!



 


      Trinta (30) Praias do nosso Brasilzão !


      1 - Praia do Francês, Alagoas
      cid:image002.jpg@01CA9375.32F27E50
      Os franceses foram os primeiros a chegar nessa, contrabandeando pau-brasil. A areia clara e fofa se junta à vegetação nativa de coqueirais e da restinga preservada de um dos points mais belos de Alagoas. No canto direito, as boas ondas atraem surfistas. Os que preferem mar calmo devem ir ao lado esquerdo, onde uma barreira de arrecife forma uma piscina natural sem ondas. Lá, é possível mergulhar, passear de barco e banana-boat.

      2 - Joaquina, Santa Catarina
      cid:image003.jpg@01CA9375.32F27E50
      Junto com a praia Mole, a Joaquina divide o posto de praia predileta dos jovens no litoral de Florianópolis. No verão, as areais ficam lotadas de turistas, belas garotas, surfistas e praticantes de vôlei de praia e futebol. Seus destaques ficam por conta da ótima infraestrutura, a bela iluminação noturna, boas ondas para surfe e, principalmente, suas famosas dunas de areia.

      3 - Arraial d' Ajuda, Bahia
      cid:image004.jpg@01CA9375.32F27E50
      São 16 quilômetros de beleza inquestionáveis nesse pequeno e rústico povoado no sul da Bahia. Desde a badalada Parracho até a sossegada Taipe, suas dez praias atraem turistas que buscam relaxar, aproveitar a vida e desfrutar do sol do nordeste. Outras opções da região são a praias de Mucugê, do Arraial e Pitinga.

      4 - Baia do Sancho, Fernando de Noronha
      cid:image005.jpg@01CA9375.32F27E50
      Considerada simplesmente a praia mais bela do Brasil. E Não podia ser por menos. A água possui cor verde-esmeralda e a falésia local possibilita uma vista deslumbrante que inclui golfinhos. Para completar o que já era perfeito, nos períodos de chuva, duas cachoeiras se formam e despencam de cima do enorme paredão durante o período de chuva entre abril e julho.

      5 - Baia dos Porcos, Fernando de Noronha
      cid:image006.jpg@01CA9375.32F27E50
      Sua pequena extensão de areia é compensada pela riqueza da paisagem local. Vasta fauna marinha e uma geografia que inclui rochas vulcânicas, recifes e fabulosas piscinas naturais são os principais ingredientes dessa praia que só perde para a vizinha Baia do Sancho entre as mais belas do país. Esquecer a máscara de mergulho é um pecado que não pode ser cometido.

      6 - Cacimba do Padre, Fernando de Noronha
      cid:image007.jpg@01CA9375.32F27E50
      Localizada junto ao morro Dois Irmãos, a Cacimba do Padre, durante os períodos entre novembro e março, vira o point predileto dos surfistas por ser considerada uma das melhores ondas do país. No restante do ano, a água fica calma e sua longa extensão de areia é um convite para passar o dia debruçado ao sol.

      7 - Canoa Quebrada, Ceará
      cid:image008.jpg@01CA9375.32F27E50
      Antes um simples lugar de mochileiros, hoje, Canoa Quebrada mantém as belezas das praias, dunas e falésias só que agora também possui uma respeitável infraestrutura turística. Passeios por praias vizinhas podem ser feitos de buggy ou cavalgando. Não se esqueça de conferir o pôr-do-sol local. De noite, a diversão ganha área de espetáculo, já que a principal rua do vilarejo se chama Broadway.

      8 - Carro Quebrado, Barra de Sto. Antônio, Alagoas
      cid:image009.jpg@01CA9375.32F27E50
      Se prepare para uma longa viagem, mas que, com certeza, vale a pena. Localizada a 50 quilômetros de Maceió, para se chegar até Carro Quebrado é preciso pegar balsa e ainda seguir por uma estrada de terra. O esforço é compensado por a praia paradisíaca com seus coqueiros, águas calmas e quentes, além de um belo mirante do alto da falésia.

      9 - Copacabana, Rio de Janeiro
      cid:image010.jpg@01CA9375.32F27E50
      Conhecida como a "princesinha do mar", a praia de Copacabana é o cartão-postal do litoral brasileiro e provavelmente a praia mais famosa e sonhada do mundo. Seus quatro quilômetros ficam completamente lotados durantes os finais de semana de sol. No Réveillon não seria diferente, já que sua queima de fogos é uma das mais conhecidas festas do mundo. Já no posto seis, uma simpática colônia de pescadores traz peixe fresco do mar.

      10 - Geribá, Búzios
      cid:image011.jpg@01CA9375.32F27E50
      O balneário de Búzios é o mais disputado do litoral carioca. E Geribá fica com o posto de praia mais popular dessa pequena e famosa cidade fluminense. O canto direto é o ponto predileto dos jovens na alta temporada. Para famílias e pessoas que querem ficar mais sossegadas, indica-se escolher o canto esquerdo com o mar sem ondas e bares na areia.

      11 - Ilha do Mel, Paraná
      cid:image012.jpg@01CA9375.32F27E50
      Ideal para que gosta de uma boa aventura. Essa ilha no litoral do Paraná coberta de Mata Atlântica possui boas praias à prática do surfe como a Grande e Fortaleza. Além de desertas como a praia de Fora e suas piscinas naturais formadas na maré baixa e agitadas. Já para agitar vá à Encantada. Prepare suas pernas para trilhas, porque aqui carros estão proibidos. A infraestrutura varia de pousadas até campings.

      12 - Ipanema, Rio de Janeiro
      cid:image013.jpg@01CA9375.32F27E50
      Uma das mais democráticas praias cariocas. Cada tribo possui seu point. No Arpoador, surfistas tomam conta das ondas, enquanto o posto nove corresponde ao local predileto dos hippies. Quase no Leblon, o posto dez é o predileto das patricinhas e mauricinhos. Não deixe de conferir no final de tarde o sol se pondo no morro Dois Irmãos

      13 - Itacaré, Bahía
      cid:image014.jpg@01CA9375.32F27E50
      Itacaré é mais um exemplo de uma daquelas cidades do Nordeste que foram primeiro descobertos por hippies para depois virarem verdadeiras referências turísticas do litoral. A diferença é que suas praias são mais protegidas em pequenas enseadas de tirar o fôlego. De noite, a pedida é aproveitar para curtir um bom forró em alguns dos bares da cidade que teve seu auge nos anos de ouro do cacau.

      14 - Jericoacoara, Ceará
      cid:image015.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Ruas sem asfalto, pousadas rústicas e um povo que leva a vida sem estresse. Já da para ter uma ideia do que se esperar de Jericoacoara: um lugar para esquecer todos os problemas da cidade grande e se isolar do mundo. Suas praias atraem tanto turistas quanto esportistas que estão atrás de ventos para windsurfe, ondas para surfe e dunas para sandboard.

      15 - Lopes Mendes, Angra dos Reis
      cid:image016.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Uma das principais e, para muitos, a mais bonita praia da Ilha Grande, Angra dos Reis. Fica a cerca de duas horas caminhando, ou à meia hora de barco da Vila Abraão, centro da ilha. Uma das coisas que mais impressionam é a transparência da água. A areia é das mais fofas e finas do litoral brasileiro.

      16 - Maresias, São Paulo
      cid:image017.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      A praia mais popular do litoral de São Paulo tanto para surfistas quanto banhistas. Maresias possui uma das melhores infraestruturas do litoral norte paulista, mesmo mantendo parte das áreas de Mata Atlântica intactas. São vastas as opções de excelentes restaurantes, pousadas e hotéis. Para a balada, confira os bares e boates da região.

      17 - Porto de Galinhas, Pernambuco
      cid:image018.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      O balneário predileto de Pernambuco. Porto de Galinhas consegue juntar a beleza natural com uma ampla gama de hotéis, restaurantes, pousadas e uma agitada vida noturna. Os corais, piscinas naturais e praias exuberantes se misturam com tartarugas e cavalos marinhos, além da mata admirável em volta das praias. Confira as praias: Pontal do Maracaípe, Cupe, Praia de Muro Alto e, claro, Porto de Galinhas.

      18 - Praia Brava, Arraial do Cabo, Rio de Janeiro
      cid:image019.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Uma praia de beleza selvagem que não é recomendada para o banho por conta da forte correnteza. Está entre as prediletas dos pescadores e surfistas na cidade de Arraial do Cabo, região dos Lagos. O acesso é feito por uma trilha a partir do Pontal do Atalaia. O enorme paredão na parte de trás da praia impressiona.

      19 - Praia do Cedro, Ubatuba, São Paulo
      cid:image020.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Essa pequena extensão de areia possui águas cristalinas e resquícios de Mata Atlântica bem preservados. Diferente do balneário de Ubatuba, conhecida por ser movimentado e cheio, a praia do Cedro, acessível somente por trilha a partir da praia de Fortaleza, é um lugar vazio e pouco explorado por turistas.

      20 - Praia do Farol, Arraial do Cabo, Rio de Janeiro
      cid:image021.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      A praia do Farol, localizada na Ilha do Farol, já ganhou o posto de mar mais limpo do Brasil. Trata-se de um aquário a céu aberto que se transformou no paraíso para mergulhadores. Para quem não é muito chegado em esportes aquáticos, o programa é salvo pelas belezas naturais da ilha. Para conhecer a local somente com autorização prévia.

      21 - Praia do Leão, Fernando de Noronha
      cid:image022.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      A mais extensa do arquipélago de Noronha. A beleza do lugar está nas mais diferentes tonalidades que o mar atinge e no fato de ser o principal lugar da ilha para a desova das tartarugas. A praia ainda segue pouco frequentada e possui esse nome por conta de uma enorme rocha que lembra o animal deitado. Para mergulhar, aproveite as piscinas naturais que se formam no canto esquerdo.

      22 - Praia do Futuro, Fortaleza
      cid:image023.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Considerada uma das melhores praias urbanas do país e a favorita dos fortalezenses e turistas. Devido ao vento forte e ondas, encontrar surfistas e praticantes de kitesurfe é comum. São clássicas suas barracas de palha vendendo petiscos e bebidas na beira do mar. Dá para imaginar algo melhor que comer um camarão com cerveja gelada na praia?

      23 - Praia do Forte, Bahia
      cid:image024.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Uma das principais sedes do projeto Tamar, a Praia do Forte está entre os destinos turísticos mais importantes do norte da Bahia, e é referência de ecoturismo. O pequeno vilarejo de pescadores possui belas piscinas naturais, como Lord e Papa-Gente, e passeios programados de bicicleta, tirolesa, à cavalo ou quadriciclo.

      24 - Trancoso, Bahia
      cid:image025.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Um lugar rústico e hippie que consegue manter todo o conforto de hotéis de alto luxo. Em Trancoso, o sossego se junta a restaurantes top de linha e lojas de grife. Durante os períodos de festa, a cidade fica lotada. Se quiser conhecer o lado mais calmo de Trancoso, prefira visitar fora de temporada.

      25 - Porto Seguro, Bahia
      cid:image026.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Ao descobrir o Brasil, Cabral se encantou com Porto Seguro. E não é à toa. Falésias, Mata Atlântica, coqueiros e manguezais constroem uma paisagem incrível. Hoje, a cidade atrai principalmente jovens em busca de badalação. A Passarela do Álcool está repleta de bares, restaurantes e casas noturnas, enquanto a praia mais procurada é Taperapuã.

      26 - Pipa, Rio Grande do Norte
      cid:image027.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Praia do Amor, Praia do Madeiro, Praia da Pipa e aia dos Golfinhos são apenas alguns dos exemplos de praias dos vilarejos de Pipa e Tibau do Sul, cerca 80 quilômetros de Natal. O local se transformou em um dos destinos prediletos para estrangeiros. As boas ondas e vento atraem surfistas e praticantes de kitesurfe. A noitada da região é vista como a mais animada do estado.

      27 - Praia Mole, Florianópolis
      cid:image028.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Corpos sarados, bares, ondas e parapentes voando. Dá para saber o que esperar da Praia Mole: uma juventude em buscar de azaração. Para deixar tudo ainda mais bonito, a vegetação local é exuberante. Outra tradição local são as duchas de água doce, sucesso por conta do mar forte. O nome da praia vem da areia macia e solta.

      28 - Praia do Gunga, Alagoas
      cid:image029.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Na maré seca, o mar fica mais azulado, enquanto na alta, a cor das águas é verde. Esse é o mar de Praia da Gunga, Alagoas. Localizado na interseção entre o Mar Atlântico e a Lagoa do Roteiro, a praia encanta a todos pela quantidade de coqueiros, águas tranquilas e falésias. A única forma de se chegar é pegando barcos da cidade de Barra de São Miguel.

      29 - Genipabu, Rio Grande do Norte
      cid:image030.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      O grande barato aqui é ir de buggies pelas dunas. Existem dois tipos de passeio: 'com emoção' e 'sem emoção', que agradam aos mais aventureiros ou mais conservadores, respectivamente. Além da praia com água morna e calma, a região ainda comporta uma bela lagoa de água doce. A infraestrutura local não deixa a desejar possuindo hotéis, bares e restaurantes.

      30 - Garopaba, Santa Catarina
      cid:image031.jpg@01CA9375.DB3CC4D0
      Um dos destinos mais procurados do litoral catarinense. Os surfistas estão por conta das excelentes ondas da praia de Silveira, palco de campeonatos nacionais e internacionais. As famílias buscam o conforto de excelentes pontos como praias como Siriú, Praia da Garopaba. Já os jovens frequentam a Ferrugem. Entre maio e novembro, podem-se avistar as raras Baleias Francas passando pela costa.




terça-feira, 30 de março de 2010

A mudança do sol - explicação científica:





 




Veja isto, impressionante!!!
 Este é o 35, veja tb o 36 e 37 (com tradução)
 
 
 O cientista Nassim Haramein fala sobre a radiação solar, em inglês com legendas em Português. Ainda bem que há este cientista que resolveu contar a verdade!
 
Com esta explicação do Nassim, mais as imagens do sol do Observatório SOHO, mais a explicação que tem saído nos sites do CLIMA/TEMPO que o índice ultravioleta está em 14 - extremo - na região sul do Brasil, percebemos que o momento no qual estamos passando é bem delicado, por isso vem timidamente a mídia colocando em destaque. Ontem a ZH comentou sobre a radiação solar. Isso surpreendeu! 
 
Há vídeos deste cientista que explicam os crop circles.
 
Muito interessante.
 


.
Enviado por Lucia Maria/BA


Verena^Å^ DIA MUNDIAL DA ÁGUA


 
Enviado por Rosana Ananda/BA

PARTICIPE !

ENVIE ATRAVÉS DO MEU SUA CONTRIBUIÇÃO TÉCNICA COM NOSSO PLANETA, SUA FORMA DE EDUCAR O PRÓXIMO NA CONSCIENTIZAÇÃO RESPONSÁVEL POR UM MUNDO MELHOR!
COMPARTILHE CONOSCO!
Este espaço é seu!
FELIZ PÁSCOA!
Trajano

sexta-feira, 26 de março de 2010

TERRA AMBIENTAL/WWF: Já aderiu à Hora do Planeta?

Pessoal,
 
 
La em casa apagaremos as luzes durante 1 hora?
 
 
E vocês?
 
 
É um ato simbólico que implicará numa redução que mostrará ao mundo que somos capazes de evitar o desperdício.
 
E lembrem-se que MEIO AMBIENTE E ESPIRITUALIDADE tem TUDO A VER. Pense bem!
 
Bjs
 
Trajano

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: WWF-Brasil <panda@wwf.org.br>
Data: 26 de março de 2010 20:42
Assunto: Já aderiu à Hora do Planeta?
Para: trajanomanoel@gmail.com




O Brasil detém 13,7 % de toda a água doce do mundo – a maior reserva disponível em todo o planeta. Tal abundância deveria trazer também as maiores responsabilidades sobre o assunto. Mas isso não acontece e, aqui no Brasil, o tema da gestão de recursos hídricos ainda não ganhou o destaque merecido.

Para reverter esse quadro, o WWF-Brasil tem promovido ações importantes para a conservação e gestão da água doce. No dia 22 de março – Dia Mundial da Água – celebramos acordos com Banco do Brasil, AmBev, ANA (Agência Nacional de Águas) e Fundação Banco do Brasil. E lançamos o Concurso de Foto e Vídeo Olhares sobre a Água e o Clima.

Estas iniciativas são um aprofundamento do nosso trabalho de conservação dos recursos hídricos, que vem sendo desenvolvido desde 2001. Com o apoio do HSBC e do HSBC Climate Partnership (HCP), já fizemos ações de campo, campanhas de conscientização e proposições de políticas públicas.

Com a sua ajuda, poderemos fazer ainda mais.

Faça uma doação extra para ajudar na conservação da água doce, um recurso vital para as futuras gerações.

1 bilhão de pessoas, milhares de empresas,
mais de mil cidades. E você?


A adesão à Hora do Planeta é cada vez maior. No mundo, mais
de 3.480 cidades em 125 países já confirmaram a participação.
E a meta é atingir a marca de 1 bilhão de pessoas.

Acesse e cadastre-se em www.horadoplaneta.org.br, confira quanta gente já aderiu, saiba mais sobre o movimento e, em 27
de março, apague as luzes entre 20h30 e 21h30
. Divulgue
a ideia para os seus amigos e nas suas comunidades na
Internet. Vamos superar 2009, que teve mais de meio bilhão
de participantes no mundo.

Junte-se a este movimento!

Peixe-boi da Amazônia: 300 quilos, 2,50 m e completamente indefeso.

Das quatro espécies de peixes-bois existentes no mundo, a da Amazônia é a única que vive apenas em água doce. Seu habitat original abarcava toda a bacia dos rios Amazonas e Orinoco – mas a caça indiscriminada reduziu consideravelmente sua população. Há quem considere que a derradeira esperança de sobrevivência para o peixe-boi seja a reprodução em cativeiro.

Clique aqui, saiba mais sobre o peixe-boi e aproveite para conhecer os projetos do WWF-Brasil na Amazônia.
>