quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

MAIS UMA VERGONHA NACIONAL: AGORA ENVOLVENDO GOVERNADOR DO RJ E LUCIANO HUCK

"Lei Luciano Huck"

O apresentador da Globo, Luciano Huck, teria sido beneficiado por um decreto editado pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), que alterava a legislação da Área de Proteção Ambiental (APA) de Tamoios, na Baía de Ilha Grande. O apresentador, alvo de ação civil pública movida pelo município de Angra dos Reis em outubro de 2007 por supostos danos ambientais e construções irregulares em sua casa de veraneio, é representado pelo escritório de direito do qual é sócia a primeira-dama do estado fluminense, Adriana Ancelmo Cabral. A medida, cuja constitucionalidade é questionada no Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria-Geral da República, beneficiaria proprietários de residências consideradas irregulares na região - caso de Huck e sua casa na Ilha das Palmeiras. Ambientalistas contrários às mudanças determinadas por Cabral se referem ao decreto como "Lei Luciano Huck".
 
 
Informações do Bahia Notícias / Blog do Noblat
 
.

Detalhe, o decreto de Cabral sobre Ilha Grande saiu três dias antes de a Justiça tentar notificar Huck.


Veja mais acessando aqui.


Fonte: http://viniciusfactum.blogspot.com/2010/01/lei-luciano-huck.html

 

 
PRESTEM ATENÇÃO COMO SE EVITA CORRENTES! VEJA A FONTE E AS REFERÊNCIAS PARA CONSULTA!

Nenhum comentário: