terça-feira, 29 de setembro de 2009

HORA DE ACORDAR !

Caros amigos,

A Hora de Acordar de segunda-feira foi incrível – 2632 eventos em 135 países. Milhares de pessoas ligaram para os seus governantes, congestionando suas linhas telefônicas. A incrível criatividade e diversidade de eventos organizados levou nossa mensagem diretamente aos chefes de Estado e ministros desde a Austrália até a Europa. Palavras não podem descrever, por isso assita este vídeo que resume este dia marvilhoso:

A Hora de Acordar foi coberta por centenas de meios de comunicação, chegando inclusive no noticiário noturno na Alemanha e Nova Zelândia. O Chefe do Meio Ambiente para a Europa congratulou “a mobilização de tantas pessoas pela Avaaz.org”, o Primeiro Ministro do Reino Unido disse que com “a pressão feita por organizações como a sua... o que as pessoas acham que é impossível pode se tornar possível”. O Ministro do Meio Ambeinte do Brasil, Carlos Minc, assinou o abaixo assinado da campanha publicamente e o Ministro do Meio Ambiente Espanhol chamou a moblização de “extraordinária”.

Os líderes mundiais nos escutaram, porém o encontro da ONU na terça-feira foi decepcionante. Um só dia de ação não será o suficiente para fazermos progresso nas negociações climáticas. Por isso, vamos nos mobilizar quantas vezes forem necessárias, cada vez mais fortes, até conseguirmos um tratado justo, ambicioso e vinculante.

Manteremos a pressão com a Campanha Tic Tac até Copenhaque e a próxima mobilização será dia 24 de outubro. Desde já vamos começar a planejar a MAIOR MOBILIZAÇÃO CLIMÁTICA DA HISTÓRIA DIA 12 DE DEZEMBRO, nos dias finais das negociações de Copenhague.

A Avaaz tem agora 3,6 milhões de apoiadores em 14 línguas e em todos os cantos do planeta. Na segunda-feira o nosso movimento deu um passo gigantesco – nós mostramos que podemos não somente enviar milhões de mensagens para líderes globais e doar milhões para causas importantes, como também inundar as ruas e congestionar telefones da Cidade do México até Mumbai.

Se nós nos mantermos unidos, tudo é possível.

Com esperança e entusiasmo pelo futuro,

Ricken, Ben, Paul, Milena, Alice, Luis, Brett, Taren, Margaret, Iain, Pascal, Graziela, Paula, Benjamin, Rajeev, Veronique, Raluca, Julius, Yuri, Saravanan, Vladimir, Sam, Emma e toda a equipe Avaaz

------------------------------------------------------------

PS. Veja também o vídeo da Hora de Acordar no Brasil: http://www.youtube.com/watch?v=S-E_XA2INUI


PS2. Veja as incríveis "Loucas de Pedra" de Recife: http://www.youtube.com/watch?v=ocCibVmrEPc


PS3. O video da Hora de Acordar foi produzido com mais de 10.000 fotos da Hora de Acordar e 600 vídeos enviados para a Avaaz em apenas 24 horas! A edição deste vídeo foi um processo emocionante, que nos encheu de lágrimas quando vimos a incrível dedicação de todos desde a comunidade Avaaz até nossos parceiros da Campanha Tic Tac, e principalmente das pessoas que participaram pela primeira mobilização climática das suas vidas. Este movimento só começou mas já é invencível. Veja o video no link: https://secure.avaaz.org/po/sept21_hub/?cl=335079890&v=4117


SOBRE A AVAAZ

Avaaz.org é uma organização independente sem fins lucrativos que visa garantir a representação dos valores da sociedade civil global na política internacional em questões que vão desde o aquecimento global até a guerra no Iraque e direitos humanos. Avaaz não recebe dinheiro de governos ou empresas e é composta por uma equipe global sediada em Londres, Nova York, Paris, Washington DC, Genebra e Rio de Janeiro. Avaaz significa "voz" em várias línguas européias e asiáticas. Telefone: +1 888 922 8229

NOVO FILME - A ERA DA ESTUPIDEZ

"A era da estupidez" questiona o imobilismo humano diante da ameaça do aquecimento global e pretende transformar 250 milhões de espectadores em ativistas pelo clima.


A três meses da reunião que decidirá o futuro da humanidade, a 15ª Conferência do Clima, estreia o filme "A era da estupidez" (The Age of Stupid), um olhar crítico sobre a demora dos atuais governantes em lidar com a crise climática. "A era da estupidez" se passa em 2055 e tem no papel principal o ator inglês Pete Postlethwhaite, indicado para o Oscar em 1994. Ele interpreta o "arquivista", um homem solitário que vive num mundo devastado pelo aquecimento global e que consome seu tempo catalogando o passado. No filme, Postlethwhaite examina imagens de 2007 e se pergunta por que a humanidade não tomou providências contra a crise climática quando ainda havia tempo.


No Brasil, três sessões simultâneas acontecem no dia 22 em São Paulo, Rio e Brasília com o apoio do Greenpeace (1), dentro de uma semana de atividades para mobilizar a população sobre os perigos do aquecimento global. O evento é parte da pré-estreia mundial, que será feita em mais de 40 países na mesma semana da Assembleia-Geral das Nações Unidas, quando os países terão mais uma oportunidade para definir um acordo antes da Conferência do Clima, marcada para dezembro em Copenhague. O ambicioso objetivo é transformar 250 milhões de espectadores do filme em ativistas do clima. "As alterações no clima do planeta ilustrados pelo filme não são apenas ficção científica. O Ártico sem gelo, Londres submersa e Austrália em chamas retratam os impactos do aquecimento global em cenários extremos, mas plausíveis. Como as mudanças climáticas não podem ser revertidas, os impactos dependem do que será feito agora para reduzir as emissões de gases estufa", diz João Talocchi do Greenpeace. "Ao combater o aquecimento global, além de evitar as catástrofes, os países tem a oportunidade de proteger as florestas, inovar tecnologias para geração de energia e gerar empregos verdes", completa. Na reunião de Copenhague, os países desenvolvidos precisam se comprometer com uma redução de 40% das emissões de gases estufa até 2020, tendo como base as emissões de 1990, para que a temperatura do planeta fique bem abaixo dos 2º C. O Brasil deve zerar o desmatamento na Amazônia se quiser agir para barrar o aquecimento global. "Nossas ações contra as mudanças climáticas irão definir a nossa geração, assim como o fim do apartheid, a abolição da escravidão e a chegada do homem à Lua definiram gerações anteriores. No momento, vivemos na era da estupidez, mas, apesar do pouco tempo que nos resta, ainda é possível mudar esta situação", afirma a diretora do filme, Franny Armstrong. Estreia verde - O palco principal do lançamento de "A era da estupidez" será em uma tenda inteiramente abastecida por energia solar, em Manhattan, Nova Iorque. Os convidados chegarão à festa por meio de transportes alternativos, como bicicletas, skates, veículos movidos a biodiesel de óleo de fritura e riquexós (táxis ecológicos de tração humana). Toda a energia utilizada no evento resultará em apenas 1% do carbono normalmente emitido em uma pré-estreia tradicional. A cerimônia será apresentada pelo ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan. No Brasil - O Greenpeace apoia o lançamento do filme em nove cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Brasília, Salvador, Curitiba, Juiz de Fora e Santos. Em Porto Alegre, o apoio será da ONG Amigos da Terra. Consulte a programação no site da MovieMobz.



Assista o trailer do filme aqui.

Mudanças Climáticas e Energia


“TicTacTicTac. O tempo está passando, temos que agir agora". Foi assim que o skatista carioca Bob Burnquist selou a sua participação no movimento TicTacTicTac e deu seu recado contra o aquecimento global, durante o evento Oi Megarampa 2009, em São Paulo. Você também pode participar.

Já podemos sentir o aquecimento global
No último relatório do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, órgão das Nações Unidas responsável por produzir informações científicas) os cientistas afirmaram que há 90% de certeza que o aumento de temperatura na Terra está sendo causado pelos homens.O WWF-Brasil está trabalhando, em conjunto com a Rede WWF, para deter o aquecimento global. Navegue por esta página para saber o que fazemos e como você pode ajudar.
WWF BRASIL É NOSSO PARCEIRO !

Negociações climáticas recomeçam em tom de urgência


Começou ontem, dia 28/09, em Bangcoc, na Tailândia, a penúltima reunião de negociação entre os países antes da Convenção do Clima da ONU, em Copenhague. Faltam 70 dias para o evento na Dinamarca, que tem como objetivo principal chegar a um consenso sobre as metas de redução de emissão de gases-estufa que os países desenvolvidos deverão assumir para o segundo período do Protocolo de Kyoto. A primeira fase do acordo acaba em 2012. A expectativa é que 2,5 mil pessoas participem do encontro em Bangcoc, divididas em delegações de governos, representantes da indústria, organizações ambientais e de pesquisa. Elas trabalharão para consolidar o texto do acordo que deverá ser fechado em Copenhague.

EXEMPLO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Parabéns ao Guiomar

Repercutiu de forma positiva, inclusive nas mídias, a participação do Colégio Guiomar Pereira no mutirão de limpeza das praias, realizado no último sábado. Enquanto na Medalha Milagrosa os coordenadores da ação sequer conseguiram ser recebidos pela direção, no Guiomar a adesão ao projeto foi imediato, em mais uma demonstração da integração com a comunidade que tem caracterizado essa unidade de ensino desde quando se instalou no Rio Vermelho, há mais de 40 anos. Parabéns ao Guiomar e a D.Valdete, proprietária do Colégio por entender que educação não se restringe apenas às quatro paredes da sala de aula. Com certeza os alunos aprenderam muito mais sobre ecologia catando lixo na praia do que no decoreba dos livros. Agora eles farão uma redação sobre o tema e as melhores serão divulgadas pelo Blog. É como disse Pino aos estudantes: "a geração dos seus bisavós lutou para ter direito a votor, a dos avós pela redemocratização do pais, e para a de vocês ficou a tarefa mais difícil que é defender e preservar o planeta". É isso ai.


segunda-feira, 21 de setembro de 2009

CONHEÇAM ESSE ESPAÇO

Visitei e gostei:


http://www.portaldomeioambiente.org.br/

SEAL THE DEAL

A campanha “Seal the Deal”, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), convida a população mundial a assinar uma petição online pedindo medidas urgentes no combate às mudanças climáticas. As assinaturas coletadas serão entregues aos líderes mundiais em dezembro, durante a Conferência sobre mudanças climáticas, em Copenhagen, para que seja selado um acordo em prol de um mundo mais sustentável.Para reforçar a iniciativa, diversas atividades serão desenvolvidas durante a Semana Global do Clima, de 21 a 25 de setembro, envolvendo mais de 100 cidades do mundo. Na ocasião serão realizadas diferentes manifestações em apoio ao “Seal the Deal”: plantação em massa de árvores, vestir algo verde, disseminar a campanha no trabalho, escola, internet, passear de bicicleta, apagar as luzes e desfrutar um jantar a luz de velas, compartilhar inovações em tecnologia verde e muito mais.Saiba mais e carimbe seu voto!

ESTAMOS SEGUINDO GISELE NA CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL

Conheça http://giselebundchenblog.blogspot.com/

O Blog ambiental da Top Model.

Parabéns a ela pela iniciativa.

Estamos seguindo...

FAÇA XIXI NO BANHO - SAIBA POR QUÊ!

Veja em:
SOS Mata Atlântica Xixi no Banho
por
Carlos Merigo

Se você pesquisar por “xixi” em ferramentas como Technorati e Twitter Search, vai perceber que a palavra nunca foi tão mencionada na internet como nas últimas horas. Isso por conta da simpática campanha “Xixi no Banho”, criada pela F/Nazca para a fundação SOS Mata Atlântica.
A idéia é mostrar que é possível economizar até 4.380 mil litros de água por ano, apenas incentivando que as pessoas façam xixi no banho. A campanha divulga também o evento “Viva a Mata”, que acontecerá de 22 a 24 de maio, no Parque Ibirapuera, em São Paulo.

Além do belo visual, o site e o filme da iniciativa contam com uma excelente produção de som. E mais do que isso, nos relembra algo que parece ter sido esquecido em discussões recentes: dá para ser viral tendo bom gosto e de forma natural.
O axioma “falem mal, mas falem de mim” nunca foi justificativa para criações completamente fora de propósito e nocivas à marca. Uma pena que a forma se sobreponha ao conteúdo em muitos casos.
"Xixi no Banho" para poupar água
2009-05-23
Uma das mais importantes ONG de defesa do ambiente do Brasil lançou na sexta-feira uma campanha publicitária inédita para poupar água, estimulando as pessoas a urinar durante o banho.
A Fundação SOS Mata Atlântica quer mobilizar as pessoas para a importância da preservação do ambiente e mostrar que uma descarga a menos por dia equivale a 4.380 litros de água potável por ano.
"Queremos chamar a atenção para uma questão importante como a da preservação ambiental e decidimos fazer uma brincadeira séria", disse o director da organização, Mário Mantovani.
O responsável salientou que a campanha publicitária "Xixi no Banho" pretende mostrar, de maneira mais descontraída, como um simples acto pode contribuir com a preservação do ambiente.
"Vamos mostrar que quem não faz nada (pela preservação do ambiente), pelo menos, que faça xixi no banho", salientou. Somente em São Paulo, a maior cidade brasileira, o hábito de urinar no banho pode poupar mais de 1.500 litros de água por segundo.
A campanha sublinha que o acto é higiénico e não transmite doenças, uma vez que a urina é composta por 95 por cento de água e 5 por cento de outras substâncias como ureia e sal. A campanha será lançada na quinta edição do "Viva a Mata", uma feira de iniciativas e projectos em prol da Mata Atlântica, que decorrerá entre os dias 22 e 24 de Maio, em São Paulo.
"Em período de crise financeira, em que se ouve muito 'não' para tudo, este ano quisemos levar o 'sim' para o quotidiano das pessoas, incentivando que todos façam xixi no banho. O meio ambiente agradece a quantidade de água poupada em cada descarga, que chega a 12 litros", disse Mantovani.
Criada em 1986, a Fundação tem como objectivo defender os remanescentes da Mata Atlântica, floresta encontrada ao longo de todo o litoral brasileiro e a mais ameaçada de desflorestação do país.

ACORDA BRASIL!

Caros amigos,

A Hora de Acordar chegou, faça uma ligação para o telefone do seu governo (veja o número neste alerta), encontre um evento perto de você ou simplesmente veja as imagens e experiências deste dia incrível ao redor do mundo:


Veja neste alerta o número de telefone do seu governo ou veja nossa página ao vivo sobre a Hora de Acordar




A Hora de Acordar global já começou! Agora todos nós podemos participar de casa -- ligando para os nossos governantes ou acompanhando este extraordinário dia de mobilização pela Internet -- além disso, ainda há tempo de participar de um evento próximo de você!

A imprensa relata que as negociações climáticas estão um caos e a cúpula da ONU na terça-feira é a única esperança de ressuscitá-las. Esta segunda, nós vamos inundar a mídia e as linhas telefônicas de governos do mundo todo com chamados para os nossos governantes agirem. Telefonemas estão sendo feitos de mais de 2.300 passeatas, encontros e mobilizações relâmpago em locais públicos pelo planeta. Mesmo de casa ou do trabalho você também pode fazer a sua parte ligando para o seu governo.

Nós incluímos os números de telefone do governo do seu país abaixo, com sugestões sobre o que dizer. No link você encontrará informações sobre os eventos da Hora de Acorda com fotos, vídeos e um blog onde as pessoas estão compartilhando suas experiências do dia. Não deixe de participar -- faça uma ligação de casa ou do trabalho e nos conte como foi neste link, ou se você preferir ainda dá tempo de encontrar um evento perto de você:

http://www.avaaz.org/po/sept21_hub/

Aqui estão os números do seu governo (por favor, comece a ligar a partir de 12:18 de segunda-feira, horário local):

Presidente Luis Inacio Da Silva
(+55) (61) 3411.1200 / 3411.1201 / 3411.2403 / 3411.2182 / 3411.1925

Ministério do Meio Ambiente Carlos Minc Baumfeld
(+55) (61) 3317-1058 / 1289 / 3317-1416 / 1003 / 1146

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Miguel Jorge
(+55) (61) 2109 7042 / 7006 / 7216 / 7198

Ministério das Relações Exteriores Celso Amorim
(+55) (61) 3411-6160 /



(Para encontrar as informações de contato para um país diferente do qual você está registrado, clique no link acima).

Faça ao menos uma ligação, se estiver ocupado é porque nossa ação está funcionando e estamos congestionando as linhas telefônicas – é importante continuar tentando pois quanto mais ligações mais atenção chamaremos dos nossos governantes!

O que falar ao telefone: diga que está ligando como parte de uma ação internacional chamada Hora de Acordar global; que nós queremos que o [seu chefe de Estado] se comprometa a ir ao encontro sobre o clima em Copenhague em dezembro e assine um tratado climático global que seja JUSTO, AMBICIOSO e VINCULANTE; por fim peça para ele/a registrar a sua ligação e repassar a sua mensagem para o seu governante.

Depois de fazer a ligação, visite a página da Hora de Acordar no link abaixo e o seu depoimento no blog -- você também pode ler como foi a experiência das outras pessoas e ver fotos e vídeos de eventos de todos os cantos do planeta:

http://www.avaaz.org/po/sept21_hub/

Se você quiser participar de um evento da Hora de Acordar em um local público, talvez ainda haja tempo -- clique no link acima e depois no mapa para encontrar um evento perto de você.

Recentemente, nós surpreendemos governos nacionais com inesperadas chuvas de telefonemas. Estas ligações paralisaram funcionários e derrubaram linhas telefônicas -- mas elas não foram ignoradas, as campanhas nos ensinaram que esta é uma ótima estratégia para chamar a atenção de governos. No Brasil, 14 mil telefonemas ajudaram a influenciar o Presidente Lula a vetar pontos perigosos da MP da Amazônia. 3 mil telefonemas persuadiram o partido da Chanceler Alemã a se engajar com grupos climáticos e apenas algumas centenas de ligações chamaram a atenção dos conselheiros do Presidente francês Sarkozy.

Nós temos apenas 78 dias até o encontro final da ONU em Copenhague, onde um novo tratado global poderá definir limites mundiais para as emissões de carbono, parar a catástrofe climática e lançar uma nova economia limpa e verde. Mas isso não acontecerá somente pela boa vontade dos nossos governantes, também depende de cada um de nós.

Vamos mandar uma mensagem que eles não vão esquecer. Use seu telefone agora e compartilhe a sua experiência com outras milhares de pessoas que também estão comprometidas com o clima do planeta:

http://www.avaaz.org/po/sept21_hub/

Com esperança e determinação,

Brett, Paul, Iain, Graziela, Ricken, Alice, Ben, Paula, Pascal, Luis, Benji e toda a equipe Avaaz

-------------------------------------




SOBRE A AVAAZ

Avaaz.org é uma organização independente sem fins lucrativos que visa garantir a representação dos valores da sociedade civil global na política internacional em questões que vão desde o aquecimento global até a guerra no Iraque e direitos humanos. Avaaz não recebe dinheiro de governos ou empresas e é composta por uma equipe global sediada em Londres, Nova York, Paris, Washington DC, Genebra e Rio de Janeiro. Avaaz significa "voz" em várias línguas européias e asiáticas. Telefone: +1 888 922 8229
Você está recebendo esta mensagem porque você assinou "Birmânia: Ajude a combater a Tirania" no 2009-08-28 usando o email TRAJANOMANOEL@GMAIL.COM. Para garantir que os nossoas alertas cheguem na sua caixa de entrada, porfavor adicione avaaz@avaaz.org na sua lista de endereços. Para mudar o email inscrito, sua língua ou outras informações pessoas, clique aqui:https://secure.avaaz.org/act/index.php?r=profile&user=7c9a17e410e061659a50258ae23dfa07&lang=po ou clique aqui para remover o seu email da nossa lista.


Para entrar em contato com a Avaaz não responda para esse email, escreva para info@avaaz.org. Você pode nos telefonar nos números +1-888-922-8229 (EUA) ou +55 21 2509 0368 (Brasil). Se você tiver problemas técnicos visite http://www.avaaz.org
Responder Encaminhar


Responder
Manoel Trajano para bcc: Isabella, bcc: AMANDA, bcc: Neto, bcc: geneval.trilha, bcc: mgm.imc_saste, bcc: fefeu_2007, bcc: oandradefilho, bcc: cheraleal, bcc: marcusvinicius., bcc: Almir-TS, bcc: Denise, bcc: mc_leilinha, bcc: Meio, bcc: Lyvia, bcc: Debora
mostrar detalhes 11:48 (2 minutos atrás)


APOIO: http://terraambiental.blogspot.com REDE CEIA!
Parceriaa com a WWF BRASIL


- Mostrar texto das mensagens anteriores -
---------- Forwarded message ----------
From: Paul Hilder - Avaaz.org
Date: 2009/9/21
Subject: Acorda Brasil!
To: "TRAJANOMANOEL@GMAIL.COM"



Caros amigos, A Hora de Acordar chegou, faça uma ligação para o telefone do seu governo (veja o número neste alerta), encontre um evento perto de você ou simplesmente veja as imagens e experiências deste dia incrível ao redor do mundo:


Veja neste alerta o número de telefone do seu governo ou veja nossa página ao vivo sobre a Hora de Acordar




A Hora de Acordar global já começou! Agora todos nós podemos participar de casa -- ligando para os nossos governantes ou acompanhando este extraordinário dia de mobilização pela Internet -- além disso, ainda há tempo de participar de um evento próximo de você!

A imprensa relata que as negociações climáticas estão um caos e a cúpula da ONU na terça-feira é a única esperança de ressuscitá-las. Esta segunda, nós vamos inundar a mídia e as linhas telefônicas de governos do mundo todo com chamados para os nossos governantes agirem. Telefonemas estão sendo feitos de mais de 2.300 passeatas, encontros e mobilizações relâmpago em locais públicos pelo planeta. Mesmo de casa ou do trabalho você também pode fazer a sua parte ligando para o seu governo.

Nós incluímos os números de telefone do governo do seu país abaixo, com sugestões sobre o que dizer. No link você encontrará informações sobre os eventos da Hora de Acorda com fotos, vídeos e um blog onde as pessoas estão compartilhando suas experiências do dia. Não deixe de participar -- faça uma ligação de casa ou do trabalho e nos conte como foi neste link, ou se você preferir ainda dá tempo de encontrar um evento perto de você:

http://www.avaaz.org/po/sept21_hub/

Aqui estão os números do seu governo (por favor, comece a ligar a partir de 12:18 de segunda-feira, horário local):

Presidente Luis Inacio Da Silva
(+55) (61) 3411.1200 / 3411.1201 / 3411.2403 / 3411.2182 / 3411.1925

Ministério do Meio Ambiente Carlos Minc Baumfeld
(+55) (61) 3317-1058 / 1289 / 3317-1416 / 1003 / 1146

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Miguel Jorge
(+55) (61) 2109 7042 / 7006 / 7216 / 7198

Ministério das Relações Exteriores Celso Amorim
(+55) (61) 3411-6160 /



(Para encontrar as informações de contato para um país diferente do qual você está registrado, clique no link acima).

Faça ao menos uma ligação, se estiver ocupado é porque nossa ação está funcionando e estamos congestionando as linhas telefônicas – é importante continuar tentando pois quanto mais ligações mais atenção chamaremos dos nossos governantes!

O que falar ao telefone: diga que está ligando como parte de uma ação internacional chamada Hora de Acordar global; que nós queremos que o [seu chefe de Estado] se comprometa a ir ao encontro sobre o clima em Copenhague em dezembro e assine um tratado climático global que seja JUSTO, AMBICIOSO e VINCULANTE; por fim peça para ele/a registrar a sua ligação e repassar a sua mensagem para o seu governante.

Depois de fazer a ligação, visite a página da Hora de Acordar no link abaixo e o seu depoimento no blog -- você também pode ler como foi a experiência das outras pessoas e ver fotos e vídeos de eventos de todos os cantos do planeta:

http://www.avaaz.org/po/sept21_hub/

Se você quiser participar de um evento da Hora de Acordar em um local público, talvez ainda haja tempo -- clique no link acima e depois no mapa para encontrar um evento perto de você.

Recentemente, nós surpreendemos governos nacionais com inesperadas chuvas de telefonemas. Estas ligações paralisaram funcionários e derrubaram linhas telefônicas -- mas elas não foram ignoradas, as campanhas nos ensinaram que esta é uma ótima estratégia para chamar a atenção de governos. No Brasil, 14 mil telefonemas ajudaram a influenciar o Presidente Lula a vetar pontos perigosos da MP da Amazônia. 3 mil telefonemas persuadiram o partido da Chanceler Alemã a se engajar com grupos climáticos e apenas algumas centenas de ligações chamaram a atenção dos conselheiros do Presidente francês Sarkozy.

Nós temos apenas 78 dias até o encontro final da ONU em Copenhague, onde um novo tratado global poderá definir limites mundiais para as emissões de carbono, parar a catástrofe climática e lançar uma nova economia limpa e verde. Mas isso não acontecerá somente pela boa vontade dos nossos governantes, também depende de cada um de nós.

Vamos mandar uma mensagem que eles não vão esquecer. Use seu telefone agora e compartilhe a sua experiência com outras milhares de pessoas que também estão comprometidas com o clima do planeta:

http://www.avaaz.org/po/sept21_hub/

Com esperança e determinação,

Brett, Paul, Iain, Graziela, Ricken, Alice, Ben, Paula, Pascal, Luis, Benji e toda a equipe Avaaz

-------------------------------------




SOBRE A AVAAZ

Avaaz.org é uma organização independente sem fins lucrativos que visa garantir a representação dos valores da sociedade civil global na política internacional em questões que vão desde o aquecimento global até a guerra no Iraque e direitos humanos. Avaaz não recebe dinheiro de governos ou empresas e é composta por uma equipe global sediada em Londres, Nova York, Paris, Washington DC, Genebra e Rio de Janeiro. Avaaz significa "voz" em várias línguas européias e asiáticas. Telefone: +1 888 922 8229

sábado, 19 de setembro de 2009

AÇÃO ECOLÓGICA EM AREMBEPE NESTE FINAL DE SEMANA - PARTICIPE!

Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

Ambientalistas fazem ação ecológica em Arembepe no final de semana Camaçari Notícias
A Associação Ambientalista Coqueiro Solidário está fazendo um chamamento da comunidade para a 7º edição do nosso programa de “AÇÃO ECOLOGICA” que acontecerá nos dias 19 e 20 em comemoração ao Dia da Árvore e ao Dia Internacional da PAZ - 21 de Setembro.

O Coqueiro solidário nasceu em Arembepe, em abril de 1997, como um movimento de moradores que pregam e agem em prol da conservação e preservação ambiental de Arembepe, que em Tupi Guarani, significa: Aquilo que nos envolve!

As atividades acontecerão nos dias 19 e 20 de setembro de 2009 (sábado e domingo).

Programação:

SÁBADO

09h – Limpeza das Praias e Rios

15h - Apresentadas palestras e vídeos, Capoeiras e danças folclóricas, finalizando com apresentação musical.

DOMINGO

Manhã a partir das 09h -Plantio de 500 mudas de árvores nativas nas áreas degradadas da APA do Rio Capivara

Encerramento com atividades culturais


Recolhimento de Lixo

Serão recolhidos lixos inorgânicos, tais como, plásticos, papéis, vidros, metais etc., em parte da APA do Rio Capivara num perímetro compreendendo o loteamento Piruí até a aldeia hippie.

O lixo será recolhido e transportado com o auxílio de embarcações, na parte aquática, e carroças, na parte terrestre, para a Praça dos Coqueiros em Arembepe, onde será pesado, fotografado e encaminhado para a LIMPEC. Após a pesagem, os materias reciclável serão doados a Associação de Moradores da Volta do Robalo e Capiva – AMOVORC.


Informações com:

Reginaldo Martins de Souza – e-mail: pensarnaodoi@hotmail.com, tel.: 88589577

Rivelino Martins de Souza. “Pedaço” - 91813029

Érica Alves: e- mail: erica.arem@gmail.com/ 87534311

Oscar Roberto Baccino - indio53@gmail.com

Fabiana Franco: E-mail: fabianadacruzfranco@gmail.com/ TEL.: 88324755

Francisco de Assis. “ Chiquinho” - e-mail: chiquinhoarembepe@hotmail.com 88684706

Bruno Lima e-mail: dissetapronto2@hotmail.com 071-99805972

Fonte: http://www.camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=62812


quinta-feira, 17 de setembro de 2009

5 MINUTOS DE SEU TEMPO PODEM SALVAR A VIDA DO PLANETA

Caros amigos, Participe da Hora de Acordar segunda-feira dia 21 de setembro -- com mais de 1000 eventos em 88 países, já somos um verdadeiro movimento climático para pressionar nossos governantes a se responsabilizarem pelo clima do planeta!

Veja no mapa os eventos no mundo todo e participe de um evento perto de você. Faça parde desta mobilização climática extraordinária:


Veja o mapa
e
participe agora

É surpreendente, pessoas do mundo todo já inscreveram 1000 eventos em 88 países para a "Hora de Acordar" na próxima segunda-feira!

Mil eventos é um número impressionante, mas levar centenas de milhares de pessoas às ruas -- será mais incrível ainda. Esta mobilização, em uma escala inédita, terá uma forte repercussão nos meios de comunicação e para os nossos governantes, deixando claro que exigimos deles um compromisso sério com o clima. Você já pode participar de um evento perto de você, clique abaixo para ver as cidades onde há eventos cadastrados:

http://www.avaaz.org/po/tcktcktck_map

Os líderes e a mídia já estão prestando atenção ao que iremos fazer no dia 21 de setembro. A imprensa demostra que precisamos de negociações urgentes para definir o novo acordo climático, mas infelizmente nossos governantes não estão comprometidos. Eles estão sendo mais pressionados pela indústria energética do que por cidadãos preocupados em reverter a crise climática. O dia 21 de setembro é a nossa chance de mostrar que o mundo todo está demandando um tratado climático forte!

Faça parte e ajude a divulgar a Hora de Acordar. Haverão eventos de todos os tipos - bicicletadas, plantio de árvores, maracatu, samba, estudantes, comunidades indígenas e muito mais! O importante é levar a mensagem da campanha "Hora de Acordar", telefonar para nossos chefes de estado e assinar o abaixo assinado pelo clima. As imagens dos eventos no mundo todo serão editados em um clip que será apresentado para chefes de estado na ONU.

Faça parte deste incrível movimento climático - selecione um evento no mapa clicando no link, confirme sua participação e divulgue aos seus amigos:

http://www.avaaz.org/po/tcktcktck_map


A campanha demanda que os líderes globais assinem um tratado climático ambicioso, justo e vinculante capaz de impedir uma catástrofe climática. O encontro da ONU e G20 semana que vem será o último encontro de governantes antes da reunião final em Copenhague em dezembro! Depende efetivamente de nós pressionar nossos governos para que as suas negociações não sejam um desastre. Vamos surpreendê-los!

Vemos você no dia 21 de setembro!

Paul, Iain, Graziela, Ricken, Alice J, Ben, Milena, Brett, Taren, Pascal, Paula, Benji, Alice W, Luis, Milena, Veronique, Chris, Margaret, e toda a equipe Avaaz.

ESTUDO REVELA DADO SURPREENDENTE

Carro flex polui menos com gasolina, conclui estudo
Agência Estado




É muito provável que o carro com motor flex polua menos com gasolina do que álcool. Os números variam de acordo com o modelo do veículo. Mas, na média, ao verificar a emissão da frota de 2008, os carros flex que usam álcool emitem mais monóxido de carbono (0,71 grama por quilômetro) do que os que utilizam gasolina (0,51 grama por quilômetro). Em relação aos aldeídos, que ajudam na formação do ozônio - principal preocupação em áreas urbanas como São Paulo -, o carro a álcool em geral emite quase oito vezes mais. Esses dados foram compilados pelo Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema), com base em informações da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

A população está acostumada a ouvir que o álcool é um combustível limpo por ser renovável. Isso tem peso quando se discute o aquecimento global porque suas emissões de CO2 são neutralizadas - a cana-de-açúcar absorve o gás-estufa. Mas as novas informações prejudicam a imagem do combustível ao relacioná-lo mais diretamente à poluição do ar nas cidades. A pedido do jornal O Estado de S. Paulo, o Iema comparou modelos de carros flex de diferentes montadoras com as informações divulgadas anteontem pelo governo federal por meio da Nota Verde.

Em geral, os carros se saíam melhor ao usar a gasolina (mais informações nesta página). Na emissão de hidrocarbonetos é grande a desvantagem do álcool no Celta, no novo Gol e no Fiesta, por exemplo. Na avaliação dos óxidos de nitrogênio, dos seis modelos avaliados, somente no novo Gol o álcool era menos poluente. Tanto os hidrocarbonetos quanto os óxidos de nitrogênio contribuem para a formação do ozônio. Apesar de ser importante na estratosfera para proteger a Terra dos raios ultravioleta do Sol, o ozônio é prejudicial à saúde das pessoas na faixa de ar próxima do solo.

A explicação para o desempenho do álcool se deve, em parte, ao fato de o motor flex ser mais adequado à gasolina, pois o mercado mundial não utiliza o etanol. "É um sinal de que a tecnologia dos veículos flex precisa evoluir", diz André Ferreira, diretor-presidente do Iema. Segundo ele, "não se pode dizer que, por ser bom para o clima global, o álcool seja limpo."

Francisco Nigro, pesquisador da Escola Politécnica da USP, diz que, do ponto de vista do lançamento de poluentes que degradam a qualidade do ar da cidade, não há mais diferença entre gasolina e álcool. Com o Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), a gasolina teve uma melhora maior do que o álcool. E o catalisador teve importante papel na redução das emissões. Para Nigro, agora é importante investir na formação de pessoas para trabalhar com motores no País. "O Brasil tem uma vantagem competitiva ao usar um combustível renovável e com balanço de CO2 favorável. Mas precisa se esforçar para manter a competitividade."

Isso não significa que a gasolina virou a mocinha da história. "Por vir do petróleo, ela possui componentes que produzem poluentes, como o benzeno, que os americanos chamam de perigosos. Para eles, não há limite seguro", explica Carlos Lacava, da Cetesb. Márcio Veloso, coordenador-substituto do Proconve, reforça que os carros atendem ao padrão. "Podem até emitir mais quando se usa o álcool, mas estão dentro do que estabelece a lei." Mesmo assim, 11.559 pessoas com mais de 40 anos morrem por ano nas seis maiores capitais em razão da poluição do ar, segundo estudo da USP e seis universidades federais.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

sábado, 12 de setembro de 2009

TEATRO E PRESERVAÇAO AMBIENTAL

11/09/2009 às 23:21
CULTURA
A Tarde On line
Preservação ambiental é tema de espetáculo infanto-juvenil
Os bonecos da Trupe Pinga Luz estão em cartaz até dia 26 deste mês

Veja mais no link:

http://www.atarde.com.br/videos/index.jsf?id=1228675

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Cafe Cientifico: Desmatamento na Av. Paralela - 14/09

O Café Científico, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS) e pela LDM - Livraria Multicampi, continua na LDM neste mês de setembro de 2009 com a primeira mesa redonda promovida no âmbito do evento:

14 de setembro de 2009 – 18:30
Mesa redonda: Desmatamento na Avenida Paralela e outras questões sócio-ambientais
Cristina Seixas (Promotora do Ministério Público do Estado da Bahia)
Renato Cunha (ONG Gambá)
Luiz Antunes Nery (Superintendente de Meio Ambiente da Prefeitura de Salvador)
Ver mais detalhes sobre o tema no resumo apresentado mais abaixo

O Café Científico é um local em que qualquer pessoa pode discutir desenvolvimentos recentes das várias ciências e seus impactos sociais. Ele oferece uma oportunidade para que cientistas e o público em geral se encontrem face a face para discutir questões científicas, numa atmosfera agradável.

Estamos procurando implantar uma conduta ambientalmente responsável no café. Assim, pedimos à nossa audiência que leve suas canequinhas, copos etc. para beber o café e a água oferecidas durante o evento. Assim, poderemos não usar tantos copinhos de plástico, que têm custo ambiental considerável, visto que não podem ser devidamente reciclados.

O evento é inteiramente gratuito e não necessita de inscrição. O local é a LDM - Livraria Multicampi, na Rua Direita da Piedade, 20, Piedade. O Café Científico ocorre na segunda semana de cada mês, sempre às segundas-feiras, às 18:30 horas. O telefone da livraria é (71)2101-8000. Informações podem ser conseguidas também no telefone (71) 3283-6568.

Maiores informações sobre o café científico de Salvador podem ser encontradas em http://cafecientificossa.blogspot.com

Informações gerais sobre a iniciativa dos Cafés Científicos podem ser conseguidas no seguinte sítio: http://www.cafescientifique.org.

Att
Comissão Organizadora do Café Científico:

Charbel Niño El-Hani (Instituto de Biologia, UFBA. Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Biomonitoramento , UFBA).

Primo Maldonado (LDM).
Luana Maldonado (LDM)
Fabiano de Souza Vieira (Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS).
Liziane Martins (Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)
Nei de Freitas Nunes Neto (Instituto de Biologia, UFBA).
Sidarta Rodrigues (Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, UFBA)
Valter Alves Pereira (Colégio da Polícia Militar. Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)
Vanessa Carvalho dos Santos (Instituto de Biologia, UFBA).
Anna Cassia Sarmento (Colégio da Polícia Militar)




Mesa redonda:
Desmatamento na Avenida Paralela e outras questões sócio-ambientais

O desmatamento e a ocupação de áreas de Mata Atlântica na Avenida Paralela, em Salvador, estão crescendo vertiginosamente. Questões como a supressão dessas áreas verdes, a extinção de populações biológicas nativas, aumento da poluição no local, além de desocupação de pessoas afetadas pelo crescimento imobiliário, merecem maior atenção e cuidado. Para discutir estas questões, nesta sessão do Café Científico Salvador, será montada uma mesa redonda composta por Luiz Antunes Nery (Superintendente de Meio Ambiente da Prefeitura de Salvador), Cristina Seixas (Promotora do Ministério Público do Estado da Bahia) e Renato Cunha (ONG Gambá).
Enviado por Teylo Vasconcelos/BA

21 DE SETEMBRO - HORA DE ACORDAR!

Caros amigos,
Mais de 100.000 apoiadores da Avaaz participaram da votação perguntando se deveríamos organizar uma Hora de Acordar global no dia 21 de setembro e 96% votou “SIM”!
Portanto, mãos à obra! Abaixo estão mais informações sobre a grande Hora de Acordar global, porém antes gostaríamos de convidá-lo a organizar um evento na sua região. Milhares de mobilizações acontecerão em lugares públicos no mundo todo chamando a atenção para a má vontade dos nossos governantes em assinar um tratado climático para conter o aquecimento global.
O plano é bem fácil e qualquer um pode inscrever um evento. Com a nossa nova ferramenta online outras pessoas poderão localizar e participar de eventos próximos da sua casa. O formato é simples: todos irão se reunir em um determinado horário dia 21 de setembro e juntos irão telefonar para seus governantes pedindo um maior compromissos com as mudanças climáticas. Fotos, vídeos e telefonemas destes eventos do mundo todo serão coletados e editados para serem entregues aos chefes de estado e a mídia presentes na Assembléia Geral da ONU.
Clique abaixo para cadastrar um evento na sua região e veja mais informações abaixo:
http://www.avaaz.org/po/sept21_hosts
Os eventos da Hora de Acordar são baseados no conceito de “flashmobs” – ações relâmpago divertidas onde os participantes se encontram em um local público se misturando na multidão. Subitamente o grupo começa uma ação coordenada que dura alguns minutos e se dispersa logo em seguida, aguçando a curiosidade dos que estão assistindo. Os eventos serão auto-organizados por isso será fácil para qualquer um participar.
No dia 21 de setembro todos os participantes deverão programar o alarme dos seus celulares no horário combinado e deverão ir para o ponto de encontro minutos antes do alarme soar. Quando os alarmes soarem, todos deverão erguer seus celulares para identificar os participantes e assim unirem o grupo. O grupo deverá fazer um telefonema (o número será dado) pedindo para os seus governantes irem a Copenhague e assinarem um tratado justo, ambicioso e vinculante. A idéia é fazer muito barulho, gravar vídeos e tirar fotos para a apresentação na ONU! O clip dos eventos será divulgado amplamente para a mídia e na Internet.
Como anfitrião você só precisa selecionar o ponto de encontro (de preferência em um lugar bem localizado) e cadastrar este evento na nossa ferramenta online. Depois convide seus amigos a participarem. Em breve publicaremos mais instruções para facilitar a organização do seu evento. Você poderá usar a sua criatividade para enriquecer o evento ou mantê-lo simples, nossa equipe poderá enviar materiais e dar apoio logístico – esta será uma ótima maneira de contribuir para o movimento climático e conhecer outros apoiadores da Avaaz.
Milhares de eventos simultâneos irão nos ajudar a ganhar a atenção da mídia internacional e governos do mundo todo. Nossos parceiros da Campanha Tic Tac Tic Tac estarão colaborando, são dezenas de grupos no mundo todo ajudando a organizar eventos para a Hora de Acordar no mesmo dia. Haverão desde mostras de filmes até danças e fotografias aéreas. Mas o mais importante é a mobilização de pessoas comuns que cada um terá que fazer acontecer... portanto se você quer participar de um evento dia 21 de setembro e você conhece um lugar legal para a ação, inscreva um evento no link abaixo:
http://www.avaaz.org/po/sept21_hosts
A crise climática é um tremendo desafio. Juntos nós podemos superá-la, porém o tempo é curto – não podemos usar táticas antigas e esperar novos resultados, por isso vamos usar a criatividade e mãos à obra!
Nos vemos dia 21 de setembro,
Ben, Iain, Taren, Paul, Graziela, Ricken, Paula, Luis, Alice J, Pascal, Benjamin, Alice W, Brett, Milena, Raluca, Julius, Margaret, Veronique, Chris – e toda a equipe Avaaz
---------------------------------------------------------
PS: Se você não puder inscrever um evento, não se preocupe – fique de olho em novas informações sobre a Hora de Acordar através dos nossos alertas. Em breve estaremos convidando as pessoas a participarem dos eventos cadastrados ou se mobilizar de casa. Qualquer pergunta, dúvida ou sugestão escreva para contato@tictactictac.org.br
A Hora de Acordar é um experimento chamado “flashmobs”. Saiba mais aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Flash_mob
Sugerimos que a mobilizações aconteçam ao 12:18 no dia 21 de setembro, simbolizando dia 18 do mês 12 (o último dia da Conferência da ONU de Copenhague e prazo final para a assinatura do tratado climático. Além do mais é horário de almoço. Porém você pode escolher o horário que for melhor para você. Milhares de eventos irão ajudar a focar a atenção global na crise climática. Seja o primeiro a inscrever um evento na sua região! http://www.avaaz.org/po/sept21_hosts
--------------------------------------

SOBRE A AVAAZ
Avaaz.org é uma organização independente sem fins lucrativos que visa garantir a representação dos valores da sociedade civil global na política internacional em questões que vão desde o aquecimento global até a guerra no Iraque e direitos humanos. Avaaz não recebe dinheiro de governos ou empresas e é composta por uma equipe global sediada em Londres, Nova York, Paris, Washington DC, Genebra e Rio de Janeiro. Avaaz significa "voz" em várias línguas européias e asiáticas. Telefone: +1 888 922

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

SUPERMERCADOS E SUSTENTABILIDADE

EU JA COMPREI MEUS SACOS DE COMPRAS REUTILIZÁVEIS E VOCÊ? VAI CONTINUAR AGREDINDO A NATUREZA COM SACOS PLÁSTICOS? SUGESTÃO:COMPRE AS SACOLAS RECICLÁVEIS E DEIXE GUARDADAS NA MALA DO CARRO,LEVE DE CASA AO IR ÀS COMPRAS.
VEJA MAIS SOBRE O ASSUNTO:
A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é: “O desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual sem comprometer a capacidade de atender às necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro” (Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, ONU).No Walmart, entendemos que é nosso dever reduzir o impacto da nossa operação no meio ambiente. Dessa forma, influenciar o mercado em que atuamos e ser uma ponte entre o fornecedor e o cliente faz parte do dia-a-dia da empresa, com a adoção de práticas e posturas socioambientais mais adequadas.Adotamos a sustentabilidade como diretriz que norteia todas as nossas ações: o trabalho dos nossos funcionários, o relacionamento com os fornecedores, o atendimento ao cliente, a atuação na comunidade e o investimento social.No dia 23 de junho de 2009, o Walmart Brasil realizou o Pacto pela Sustentabilidade, onde assumiu uma série de compromissos envolvendo fornecedores, governo e entidades.
(WAL-MART É O GRUPO PROPRIETÁRIO DA REDE BOMPREÇO DE SUPERMERCADOS.NOTA DO AUTOR DO BLOG)
Wal-Mart anuncia índice de sustentabilidade
por Redação
Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

O Walmart anunciou seus planos para desenvolver um índice mundial de produto sustentável durante a reunião com 1500 de seus fornecedores e líderes de sustentabilidade em sua matriz, nos Estados Unidos. O índice estabelecerá uma única fonte de dados para a avaliação da sustentabilidade dos produtos."Os clientes querem produtos que sejam mais eficientes, que durem mais e que tenham melhor desempenho," disse Mike Duke, presidente e CEO do Walmart. "E, cada vez mais, eles querem informações sobre todo o ciclo de vida do produto, para que se sintam bem em relação à sua compra. Eles querem saber que os materiais usados no produto são seguros, que ele foi feito direito e que foi produzido de maneira responsável."Não vemos isso como algo passageiro. As altas expectativas dos clientes fazem parte permanente do futuro," Duke continuou. "No Walmart, estamos trabalhando para tornar a sustentabilidade sustentável, para que seja prioridade independente do momento econômico. Uma parte importante neste processo é desenvolver ferramentas que possibilitem o consumo sustentável."A empresa apresentará a iniciativa em três fases, começando com uma pesquisa com seus mais de 100.000 fornecedores em todo o mundo. A pesquisa possui 15 perguntas que servirão como ferramenta para que os fornecedores do Walmart avaliem seus próprios esforços em relação à sustentabilidade. As perguntas estarão distribuídas em quatro áreas de atenção: energia e clima; eficiência de materiais; recursos naturais, e pessoas e comunidade."A pesquisa incluirá perguntas simples, mas eficientes, cobrindo áreas conhecidas, como a localização das fábricas dos fornecedores, e novas áreas como uso da água e resíduos sólidos," disse John Fleming, diretor de merchandising do Walmart EUA. "As perguntas não são complicadas, mas nunca solicitamos este tipo de informação de forma sistemática anteriormente. A pesquisa é um primeiro passo importante para estabelecermos uma real transparência com nossa rede de fornecedores."Fleming também disse que a empresa pedirá para que seus fornecedores nos EUA completem a pesquisa até 1 de outubro. Fora dos Estados Unidos, a empresa desenvolverá cronogramas para cada país para que os fornecedores completem a pesquisa.Como segundo passo, a empresa está ajudando a criar um consórcio de universidades que colaborarão com os fornecedores, varejistas, ONGs e o governo para desenvolver uma base de dados mundial sobre o ciclo de vida de produtos - da matéria prima até o descarte. O Walmart fornecerá o financiamento inicial para o Consórcio sobre o Índice de Sustentabilidade, e convidou todos os varejistas e fornecedores para que contribuíssem.A empresa também fará parcerias com uma empresas líderes em tecnologia para a criação de uma plataforma aberta que irá alimentar o índice."Não é nosso objetivo criar ou sermos donos desse índice," disse Duke. "Queremos estimular o desenvolvimento de uma base de dados comum que irá permitir que o consórcio junte e analise o conhecimento da cadeia mundial de fornecedores. Achamos que esta base de dados compartilhada trará oportunidades para que sejamos mais inovadores e para melhorarmos a sustentabilidade de produtos e processos."O passo final no desenvolvimento do índice será traduzir as informações em uma graduação simples para os consumidores sobre a sustentabilidade dos produtos. Isso trará aos consumidores transparência quanto à qualidade e o histórico dos produtos aos quais eles não têm acesso hoje.BRASIL
No Brasil, o primeiro passo, que envolve o envio das 15 perguntas para uma seleção de fornecedores da empresa no país terá início já no próximo mês. "Temos diversas empresas parceiras em nossos projetos, incluindo as 20 signatárias do Pacto pela Sustentabilidade, realizada no mês de junho em São Paulo. Não temos dúvida de que a parceria se estenderá também para esse importante passo em prol da transparência ao consumidor e da sustentabilidade", diz Daniela de Fiori, vice-presidente de sustentabilidade do Wal-Mart Brasil."A ideia é que até o final do ano tenhamos uma ferramenta on-line que possibilite ampliar a coleta de informações para os nossos fornecedores", completa DanielaSegundo Helio Mattar, presidente do Instituto Akatu, que esteve na reunião realizada hoje em Bentonville (EUA), 70% dos consumidores brasileiros optariam pela compra de produtos com alguma iniciativa sustentável, se tivessem essa informação.No último mês a empresa realizou uma campanha de vendas, em parceria com 50 grandes fornecedores, entre eles 3M, KimberlyClark, Pepsico, Bombril, Brinquedos Estrela, Colgate, Eletrolux, Kellogg, Johnson&Johnson, intitulada de "Mês da Terra".Um grupo de especialistas avaliou os diferenciais em sustentabilidade de mais de 500 produtos. Destes 350 foram selecionados e receberam destaque nas gôndolas, com informações sobre suas iniciativas e vantagens socioambientais. "Mais do que incrementar a venda, procuramos estimular o consumidor a fazer a troca de produtos, migrando para uma lista de compras mais consciente."O resultado da campanha comprova o que traz a pesquisa do Instituto Akatu, quanto a importância da informação clara ao consumidor. "Alguns produtos alcançaram vendas superiores à 50%, como o sabão em pó Ariel Ecomax, por exemplo", diz Marcelo Vienna, vice-presidente comercial do Wal-Mart Brasil.
ServiçoWal-Mart

O Grupo Pão de Açúcar > Sustentabilidade

Conscientização ambiental
O Grupo investe permanentemente em programas de conscientização ambiental direcionados a todos os públicos com os quais se relaciona. Entre as mais abrangentes medidas adotadas neste sentido, destacam-se as Estações de Reciclagem, projeto pioneiro no varejo brasileiro. Instaladas nas lojas Pão de Açúcar desde 2001, elas atingiram em 2006 a marca de 98 postos de entrega voluntária, nas quais já foram coletadas ao longo destes anos mais de 14,8 toneladas de resíduos. Ancorado no conceito amplo de responsabilidade compartilhada, o projeto vai muito além da coleta de materiais, funcionando como mecanismo gerador de envolvimento de toda a cadeia – desde a indústria, passando pelas prefeituras das cidades onde as lojas estão presentes, os consumidores e as cooperativas de catadores de material reciclável –, gerando renda e trabalho. Além das Estações de Reciclagem, as áreas internas e operacionais do Grupo também são envolvidas nos processos de conscientização e engajamento.
Educação para o consumo consciente
Contribuir para a conscientização sobre a responsabilidade das ações individuais na qualidade de vida do planeta tem servido de base também para as iniciativas de educação para o consumo consciente, direcionadas principalmente para crianças e jovens. Um programa que segue este propósito é o Pão de Açúcar Kids, um espaço lúdico instalado em duas lojas de São Paulo, onde a criança aprende sobre a operação de um supermercado e tem noções sobre consumo consciente. Outro programa é o Cidadão Kids em Ação, direcionado a escolas e demais instituições de ensino, por meio do qual crianças e jovens fazem visitas monitoradas às lojas, nas quais recebem informações sobre fabricação e comercialização dos produtos, além de orientações sobre a importância da reciclagem para a manutenção da qualidade de vida no planeta, entre outras.Na mesma linha, a Empresa mantém o Escola Vai ao Extra, direcionado para crianças entre 5 e 12 anos, que recebem informação sobre o funcionamento da cadeia de consumo, o que lhes permite desenvolver as primeiras noções sobre o papel de cada um na consolidação do conceito de consumo consciente.
(Veja postagem sobre o primeiro supermercado verde da América Latina,construído no Brasil.NOTA DO AUTOR DO BLOG)
Estações de Reciclagem Pão de Açúcar/Unilever
Orientadores ambientais supervisionam cada uma das estações e desenvolvem um importante trabalho de orientação e recebimento dos materiais recicláveis pela população.
Responsabilidade Compartilhada
Desde 2001, a Unilever e a rede Pão de Açúcar de supermercados, com o apoio das suas marcas OMO, Rexona, Knorr e AdeS, operacionalizam o projeto “Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever”, que tem como finalidade a instalação de pontos de entrega voluntária (PEVs) de embalagens recicláveis nas áreas externas das lojas da rede Pão de Açúcar. O projeto tem como marco central a aplicação do conceito de "responsabilidade compartilhada", em que a indústria, o varejo, a comunidade, os consumidores e o poder público combinam esforços e ações para o gerenciamento dos resíduos recicláveis.
Pioneiro em seu formato, o projeto “Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever” conta atualmente com 103 estações de reciclagem nas áreas externas dos supermercados Pão de Açúcar e está presente em 24 municípios de 8 estados brasileiros: - São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Pernambuco, Ceará, Distrito Federal, Goiás e Paraíba. Desde a sua inauguração, já foram arrecadadas quase 30 mil toneladas de materiais sendo 52% de papel, 22% de vidro, 21% de plástico e 5% entre metal e alumínio. A meta para 2009 é expandir o número de estações de reciclagem para 100% das lojas do Pão de Açúcar no Brasil que possuam estrutura para recebê-las.
O início
A idéia começou em uma fábrica da Unilever na cidade de Vinhedo, em São Paulo. Um sistema de reciclagem para a linha industrial já existia e foi ampliado para os funcionários, que abraçaram a iniciativa. Então, nasceu a oportunidade de amplificar sua abrangência para a comunidade e encontramos no Pão de Açúcar uma parceira que conjugava os mesmos valores para sua realização.
No seu mês de lançamento (abril/2001), o projeto arrecadou mais de 27 mil quilos de material e, até o fim do mesmo ano, conseguiu ampliar seus resultados, coletando mais de 534 mil quilos de material reciclável. O avanço repentino mostra que a sociedade abraçou o projeto, o que trouxe um incentivo para que o número de estações fosse ampliado para mais lojas da rede. E a participação não para de crescer. Apenas em 2008, o projeto arrecadou cerca de 6.400 toneladas de material, o que representa um aumento de quase 30% com relação aos dados de 2007, em que foram arrecadadas 4.900 toneladas.
Em 2007 o projeto deu um passo à frente com a coleta de óleo de cozinha usado. Em pouco tempo as estações já coletaram mais de 160 mil litros de óleo, que foi um grande progresso para a reciclagem e para o destino do produto. Como um diferencial, a Unilever decidiu inovar ainda mais e transformar o óleo coletado nas estações em biocombustível. Com isso, além de conduzir o óleo vegetal de volta ao sistema produtivo, a ação evita a extração de combustíveis fósseis não renováveis.
Ao fazer compras nas lojas participantes do projeto, os consumidores levam para casa sacolas com orientações sobre a separação dos materiais: elas vêm impressas nas cores verde, amarelo, azul e vermelho, que designam internacionalmente o descarte de vidro, metal, papel e plástico, respectivamente. Como medida de orientação, as sacolas trazem no verso informações sobre o tema para que os consumidores posteriormente possam levá-las para as estações e fazer com que o ciclo da reciclagem continue.
Os orientadores ambientais supervisionam cada uma das estações e desenvolvem um importante trabalho de conscientização, que se dá desde a separação correta dos resíduos domésticos até o recebimento dos materiais recicláveis pela população. Além de proteger o meio ambiente, o projeto já gerou mais de 650 posições de trabalho (atendentes e triadores de materiais) ligadas às cooperativas de catadores. Todo o material recebido é doado para cooperativas parceiras nos diversos estados onde está instalado.
O projeto já obteve os seguintes reconhecimentos:
Em 2001: Melhor projeto de Inovação da América Latina – Unilever Innovation Award à Unilever Brasil;
Em 2003: Prêmio FGV de Responsabilidade Social no varejo
Em 2004: Melhor Projeto Ambiental considerado pelo Guia de Boa Cidadania Corporativa da Revista Exame;
Em 2008: Prêmio 7º Marketing Best Responsabilidade Social

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

RECICLAGEM








Você sabe o que é RECICLAR? O que anda fazendo para melhorar sua qualidade de vida e do seu semelhante? Você sabia que bem perto de você e com um simples telefonema você pode tornar seu ambiente mais limpo,puro e de qualidade? Em Salvador,Bahia ligue 156 - Salvador Atende - e se informe como uma Cooperativa pode ir pegar seus vidros,metais,papéis(desde que não sejam orgânicos). Você sabia que a Rede Extra de Supermercados coleta seu óleo usado na cozinha desde que você leve lá? Sabia que o Banco Real tem o Papa-Pilhas e que lá você pode depositar? Você sabia que cartuchos de impressoras,baterias de carros,baterias de celulares e outras o fabricante tem obrigação legal de recolher,seja diretamente ou através de uma autorizada? Ajudar ao Meio Ambiente é mais fácil do que você imagina e você estará ajudando você mesmo! Não é problema dos outros e das próximas gerações. É problema seu tambem.É bom para o seu Espírito tambe e Deus quer ver Sua Casa arrumada,limpa e bem cuidada.Portanto,respeite e se respeite respeitando o Planeta Terra,suas águas,animais,pedras,riquezas,do seu quarto ao mundo.
Conheça Rota da Reciclagem

O que é?
O site Rota da Reciclagem é mais uma ação da Tetra Pak a favor da reciclagem e em defesa do meio ambiente. Este espaço mostra de forma didática como qualquer pessoa interessada pode participar do processo de separação e entrega das embalagens longa vida para a reciclagem. Informa ainda onde estão localizadas as cooperativas de catadores, as empresas comerciais que trabalham com compra de materiais recicláveis e os pontos de entrega voluntária (PEV) que recebem embalagens da Tetra Pak.

Este é um serviço que está em constante atualização e VOCÊ pode contribuir bastante para isso. Caso conheça alguma iniciativa de coleta seletiva, seja ela Cooperativa, Comércio ou PEV, que não esteja listada; nos informe para que possamos incluí-la! Assim podemos trabalhar juntos para aumentar essa cadeia de reciclagem! Use os campos do Cadastre-se ou Entre em Contato para enviar as informações.

Acesse, use, faça suas observações, proteja o meio ambiente você também!



LIXO HOSPITALAR


Lixo hospitalar: Barreiras contrata serviço de coleta
1/9/2009

www.ibahia.com


O lixo hospitalar de Barreiras, no Oeste do estado, está sendo recolhido por uma empresa especializada, contratada pela prefeitura, para dar um destino adequado ao material.
Misturar o lixo hospitalar com o lixo comum é um perigo para a saúde pública. Materiais como seringas, agulhas e gazes usadas podem espalhar doenças contagiosas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no mundo todo se produz para cada pessoa 60g de resíduos de saúde por mês, o conhecido lixo hospitalar.
Em Barreiras, até bem pouco tempo, o material não era esterilizado e transformado em lixo comum, como exige a lei ambiental. Pela lei, cada órgão de saúde deve ser responsável pelo destino final deste tipo de lixo.
O serviço contratado pela prefeitura contempla a coleta de lixo em hospitais e postos de saúde. “Nós tratamos o lixo pelo sistema de autoclavagem, com uma temperatura de 150°C. Daí, ele é descaracterizado por moagem e descartado no aterro”, explica Fernando Oliveira, diretor da empresa contratada.
O processo de coleta tem que ser cuidadoso, pois há o risco da mistura do lixo hospitalar com o comum ou até mesmo a contaminação com quem manuseia os produtos. “A gente tem que trabalhar com luvas, máscaras e botas. Nós até tomamos um curso para realizar o trabalho”, diz o motorista Danilo Aguiar.
De acordo com a Diretoria Regional de Saúde, hoje algumas clínicas, farmácias e consultórios odontológicos ainda não fazem a destinação correta destes resíduos. Segundo a Vigilância Sanitária, existem de 250 a 300 instituições de saúde em Barreiras. Apesar do risco da destinação incorreta, o órgão ainda não fiscaliza estes locais.
“A fiscalização é impossível de se fazer porque a gente não pode colocar alguém olhando quem vai jogar o lixo. Cabe a cada setor cuidar desta separação do lixo hospitalar do lixo comum”, declara Benjamim Alkimim, diretor de Vigilância Sanitária de Barreiras. O lixo sai de Barreiras para Salvador, mais de 850km, para receber o tratamento e ser descartado.
Clique aqui para ver os vídeos do Bahia Meio Dia

ATUALIZAÇÃO DAS VISITAS - REDE CEIA


Clic na figura para ampliá-la