segunda-feira, 27 de abril de 2009

TARTARUGAS ATLETAS E MONITORADAS

16/04/2009 - 16h54
Tartarugas participam de corrida monitorada do Canadá ao Caribe
Da Redação


Tartaruga-de-couro nada no mar; espécie está ameaçada


Durante duas semanas, a "corrida" de 11 tartarugas-de-couro no mar será acompanhada de perto pela ONG Conservação Internacional e pela National Geographic.com. O passeio já começou no Canadá e termina nas areias do Caribe, com retorno marcado para 29 de abril. As tartarugas serão monitoradas por satélite em sua viagem de seis mil quilômetros, segundo informa a National Geographic dos EUA.
Os dados obtidos na corrida das tartarugas irá ajudar os cientistas a pesquisar fatores que ameaçam esta espécie em risco. A tartaruga-costa-de couro é uma das maiores tartarugas marinhas que existem e vive na Terra desde há 100 milhões de anos. Por motivos como poluição e pesca, o número de espécimes tem diminuído.
Atletas marinhas
Os "corredores" deste ano ganharam uma ficha bem-humorada com suas respectivas características no Site da Conservação Nacional* . São 11 perfis com os nomes das tartarugas que participam do "evento", como Backspacer, Billy, Cali e Seabiscuit. Em cada uma delas há uma ilustração divertida, além de informações como tamanho e treinador. Há ainda o nome dos patrocinadores, alguns famosos como as bandas Pearl Jam e R.E.M. quem quiser acompanhar a corrida poderá acompanhar um do National Geographic.
Esta será a segunda corrida organizada. No ano passado, 11 fêmeas costa-de-couro percorreram um trajeto da Costa Rica até a ilha de Galápagos, rastreado por conservacionistas.Gigante Também conhecida como tartaruga gigante, a espécie está criticamente em perigo no mundo todo (classificação da IUCN), inclusive no Brasil (lista de espécies ameaçadas do Ibama).
Segundo dados do , a costa-de-couro tem até 2 metros de comprimento curvilínio de carapaça e pesa cerca de 500 quilos. Seu casco é "composto por uma camada de pele fina e resistente e milhatres de placas minúsculas de osso". Sua dieta é composta essencialmente de medusas.
Com informações da Conservação Internacional e do National Geographic
Enviado por: Lyvia Andrade-Salvador/BA

Nenhum comentário: