quarta-feira, 22 de abril de 2009

22 DE ABRIL - DIA DA TERRA

O que deixaremos para o futuro? Na luta diária de nós humanos pela sobrevivência, não temos tido tempo de parar e pensar no futuro de nossa Terra, mesmo sabendo que plantamos gerações e somos responsáveis por suas vidas. Nossas preocupações com o agora, deixa-nos esquecidos de que temos que pensar no futuro ambiental. Este nosso imediatismo de vida tem nos impedido de ver qual o grau de degradação que nossas ações estão causando, ao mesmo tempo que distancia nossa noção de responsabilidade futura.
O que deixaremos para o futuro?
Esta é a primeira e grande reflexão a ser feita.
Autor: Antônio Silveira R. dos Santos
Planeta Água
Guilherme Arantes
Composição: Guilherme Arantes

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...
Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...
Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos...
Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão...
Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação...
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...
Terra!
Planeta ÁguaTerra!
Planeta ÁguaTerra!
Planeta Água...(2x)
Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...
Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...
Terra!
Planeta ÁguaTerra!
Planeta ÁguaTerra!
Planeta Água...(2x)
Veja mais em LETRAS QUE MARCAM: http://letrasquemarcam.blogspot.com

Nenhum comentário: